JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

dezembro 01, 2012

Bob Marley




Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, 
dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, 
mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante 
que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.
Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosto de rotina. 
Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso,
 e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...
Bob Marley

4 comentários:

  1. Adoro a música de Bob Marley, pena ter falecido tão precocemente...

    ResponderExcluir
  2. Inventei a ironia numa toada de vento
    Roubei as asas a uma gaivota azul
    Colei-lhes um poema cheio de penas
    E enviei-o para uma tonta do sul

    Inventei um mar numa bola de sabão
    Roubei uma corda forte e boa
    Atei um rol de mágoa à mesma
    E afoguei-as nas águas de uma lagoa

    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir