JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

dezembro 21, 2010

Enfim Férias!!!

Pé na estrada... Logo estarei aki!

Recebi da Venus... lindo neh?


''Amizade, o acolhimento da nossa maior autenticidade, o descanso dos
papéis sociais representados; a tolerância sem superioridade com nossos
momentos de alma pequena, quando nada vale a pena; o único lugar onde
se pode falar abobrinhas alternadas com as mais sérias confidências,
aquilo que se fala para quem se confia, em quem se tem fé, em quem se
acredita." (Francisco Daudt da Veiga)
Fim de ano, chance de recomeçar
Aproveite dezembro como um bom momento para passar a vida a limpo por Juliana Garcia
Entra ano e sai ano, muita coisa se repete. Correria no final do ano para fazer compras, organizar e participar de eventos, atender a convites, lidar com a solidão ou com a casa cheia, planejar o pagamento de contas, administrar o tempo, driblar o cansaço... Depois chegam as famigeradas promessas que não se cumprem, todo tipo de plano que fica para a próxima segunda-feira, o próximo mês, o próximo ano. Vamos protelando as ações, esquecendo, ou tentando ignorar, que assim estamos protelando a vida.
O tempo que temos nas mãos é esse instante. O ontem são sequências de imagens que nos causam a ilusão de que ainda existem, porém não passam de memórias registradas em nosso íntimo. O amanhã é uma promessa constante que se realiza a cada dia, porém insistimos em não enxergar (o hoje é o amanhã do ontem). Persistimos na idéia de um amanhã que nos salvará de nossos medos, que atenderá todos nossos anseios, como num passe de mágica. Excluímos de nosso campo de visão duas palavras-chave: liberdade e responsabilidade. "Persistimos na ideia de um amanhã que nos salvará de nossos medos, que atenderá todos nossos anseios, como num
passe de mágica. Excluímos de nosso campo de visão duas palavras-chave: liberdade e responsabilidade. " Somos livres para criar e responsáveis pelas consequências advindas do que criamos. O seu hoje é o retrato da sua liberdade de ontem. Não agir? Ficar olhando o tempo passar ou simplesmente atropelá-lo? Tudo isso são escolhas veladas que fazemos ao
negarmos a nossa responsabilidade sobre a vida que temos nas mãos.
Oportunidade de recomeçar
Finais de etapas carregam em si convites muito especiais, pois nos permitem lidar com a possibilidade de avaliar, ritualizar a passagem, recomeçar. Sentimos em nós algo diferente, como se o tempo remoçasse e nós embarcássemos juntos. Mas para aproveitar essa dádiva precisamos de algo mais: um senso de responsabilidade (sim, ela de novo!) sobre o tempo que nos é oferecido dia a dia. Avalie com carinho, com certa dose de seriedade e outra de leveza: como foi o ano que passou? Como você
viveu seu tempo?
Avalie cada campo de sua vida: saúde física, saúde mental, trabalho, família, espiritualidade, afetividade, sexualidade... Como você tem vivido cada um deles? Como você tem se cuidado? Se achar que pode lhe ajudar, anote, registre. Deixe que os sentimentos lhe apontem essa
avaliação e aprofunde: quais aspectos precisam ser trabalhados? De que maneira posso viver mais plenamente?
A partir de uma avaliação sincera, inteira, interessada e amorosa de seu próprio processo, você pode dar outros passos. Aqueles ligados ao planejar. Não um planejamento rígido, mas uma definição de metas tangíveis e divididas em passo-a-passo. Dedique tempo e espaço para
construir essa visão de propósitos. Registre da maneira que tenha mais a ver com sua alma: faça um mural com recortes de revistas e palavras-chave, elabore um planejamento com tópicos, escreva uma carta para si mesmo, faça uma obra artística que simbolize suas reflexões,
enfim, escolha o meio que possa melhor traduzir suas impressões e seus ideais. E vá até o fim. Tome essa tarefa como um exercício de atenção
para com você mesmo, por isso será importante concluir e ir acompanhando o que esse projeto irá despertando em você.
Não ceda à tentação de deixar para amanhã. Inicie seu novo projeto de vida já mudando este padrão de procrastinar, postergar, protelar. "Não ceda à tentação de deixar para amanhã. Inicie seu novo projeto de vida já mudando este padrão de procrastinar, postergar, protelar." Dê um
passo hoje, agora mesmo. Cuide-se, trate aquilo que se refere a você com todo zelo que se dedica a alguém muito amado: isso é exercitar a autoestima, isso é usar sua liberdade com responsabilidade para gerar bons frutos.
Prepare-se para uma nova etapa, para um novo ano, renovando já suas atitudes, apostando já em seu potencial criativo!


sophys_ Sr. Alquimista

Oração de Natal!


ORAÇÃO DE NATAL- Frei Navarro

Senhor, começo a ouvir os primeiros toques das músicas de Natal.
O meu coração começa a bater mais forte.
Não sei se é porque está acabando o ano ou se é porque tenho muito que agradecer.
Se tenho que dizer para Ti, para meus amigos, muito obrigado...
São tantas as coisas que aconteceram.
São tantos os momentos que ocorreram neste ano. que já me perdi em lágrimas, sorrisos, recordações...
São tantas e tantas coisas! muito obrigado...
Sei que devo agradecer por mais um ano, mas, diante deste turbilhão de coisas e acontecimentos,
eu venho Te pedir...
Eu venho Te pedir... e são tantas coisas que estou
como uma criança,diante de uma loja de brinquedos.
Senhor, ensina-me a pedir!
Ensina-me a ter um coração de Salomão, que só pediu sabedoria.
Um coração de criança, que só pede amor.
Um coração de doente, que só pede saúde.
Um coração de monge, que só pede tranqüilidade.
Um coração de cego, que só pede enxergar.
Um coração de guerreiro, que só pede coragem.
Um coração de mãe, que só pede união na família.
Um coração de pai, que só pede que não falte nada.
Um coração de virgem, que só pede realização na vida.
Um coração de médico,que só pede para que possa ajudar os outros.
Um coração de sábio, que só pede a paz.
Senhor, que este pobre e humilde coração,possa neste Natal
apenas bater uníssono com o coração de Cristo
e que possa ter em minha mente um só pensamento:

O Teu pensamento para que saiba dizer :

Feliz Natal !
BOAS FESTAS
Desejo q todos os seus anseios sejam realizados.
Com Carinho

sophys_ Sr. Alquimista

dezembro 19, 2010

BoAs FeStaS!!!!


Mesmo com as surpresas do dia a dia!

Um saco cheio de presentes!

dezembro 18, 2010

"Nenhum ser humano é capaz de esconder um segredo. Se a boca se cala, falam as pontas dos dedos". Sigmund Freud


Clarice Lispector

"Escrevo porque sou uma desesperada e estou cansada, não suporto mais a rotina de me ser. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só queria ter o que eu tivesse sido e não fui"

"Eu escrevo para nada e para ninguém. Se alguém me ler será por conta própria e auto-risco. Eu não faço literatura: eu apenas vivo ao correr do tempo. O resultado fatal de eu viver é o ato de escrever. Há tantos anos me perdi de vista que hesito em procurar me encontrar. Estou com medo de começar. Existir me dá às vezes tal taquicardia. Eu tenho tanto medo de ser eu. Sou tão perigoso. Me deram um nome e me alienaram de mim."

"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."

"Sobretudo um dia virá em que todo meu movimento será criação, nascimento, eu romperei todos os nãos que existem dentro de mim, provarei a mim mesma que nada há a temer, que tudo o que eu for será sempre onde haja uma mulher com meu princípio, erguerei dentro de mim o que sou um dia, a um gesto meu minhas vagas se levantarão poderosas, água pura submergindo a dúvida, a consciência, eu serei forte como a alma de um animal e quando eu falar serão palavras não pensadas e lentas, não levemente sentidas, não cheias de vontade de humanidade, não o passado corroendo o futuro! O que eu disser soará fatal e inteiro!"

"Eu queria escrever luxuoso. Usar palavras que rebrilhassem molhadas e fossem peregrinas. Às vezes solenes em púrpura, às vezes abismais esmeraldas, às vezes leves na mais fina seda macia."

desconheço o autor...


Perigosa é a Liberdade- assim, tão desejada.
Perigosa é a Liberdade de verdade. Ansiada sem ser compreendida.
A única Liberdade verdadeira é a ausência total de vínculos;
Liberdade de verdade é o não-vínculo.
Só está livre quem não possui vínculos-com nada, com ninguém.
Trabalho, família, amor. Nada.
Nem consigo mesmo, nem com a vida.
Assim, o não vínculo é o não viver.
Liberdade de verdade é não viver.
É deixar de ser; é não ser.
Quem é livre, portanto, nada é. Nada pode ser.
Ser verdadeiramente livre é, simplesmente, não ser.
Perigosa é a Liberdade.
Não quero a Liberdade de verdade.
Tudo o que eu mais quero são vínculos:
De amor, de ódio, de prazer, de dor.
De viver. De morrer.
Perigosa é a Liberdade.
Cuidado com o que pedes:
Corres o sério risco de ser atendido.
Não, não quero a Liberdade de verdade.
Quero vínculos que me liguem a tudo.
Quero amar e viver e sofrer e morrer.
Quero não ter a liberdade para por ela poder ansiar-
e, assim apreciar a jornada.
Até terminar.
Livre.

"Liberdade é pouco. O que eu quero ainda não tem nome."

José de Sousa Saramago- 1922- 2010.


"Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia".

"O filho de José e de Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo do sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo."

"Se um dia tiveres um filho, ele morrerá porque tu nasceste, desse crime ninguém te absolverá, as mãos que fazem e tecem são as mesmas que desfazem e destecem, o certo gera o errado, o errado produz o certo, Fraca consolação para um aflito, Não há consolação amigo triste, o homem é um animal inconsolável.
Talvez José Anaiço, que foi o da sentença esteja na razão, talvez o homem seja esse animal que não pode, ou não sabe, ou não quer ser consolado, mas certos actos seus, sem outro sentido que parecerem que o não têm, sustentam a esperança de que o homem virá um dia a chorar no ombro do homem, provavelmente tarde demais"

"O silêncio ainda é o melhor dos aplausos".
(Ensaio sobre a cegueira)

Quero tudo, quero!



Beije-me, morda meu corpo em êxtase!
Abro-me. E nas pernas roça teu sexo, pinga, lambuza,
logo procura a boca do meu sexo,
ah que ânsia a minha, que pressa em ser invadida
de prazer! Ergo os quadris,
tu os seguras firmemente contra seu corpo e,
com força vem teu sexo,
a ponta entra e abrindo, caminhos,
lateja, pulsa minha a fenda, vem,
com força, vem preenchendo meus espaços
e ao escapar-me um suspiro me toca profundo.
Quantas sensações me estremecem,
que de prazeres me pulsam, me sufocam, que levam a loucura!
A minha fenda aperta
Teu sexo, sinto-o quente e gozo,
gozo muito, me derreto e mexo,
querendo, ondeio os quadris inquietos.
Quero a ti, mas quero o que não sei,
quero tudo, quero!
Teu dorso ondula e o teu sexo voraz
vai me roçando as profundezas, vem e vai,
eu sem querer também ondeio,
suspiras algo que é meu nome, que só tu sabes pronunciá-lo,
mordo, beijo, me apertas, te apressas, ai que delícia,
que começa na alma e termina na carne fundo!
Rolamos, grito, gemo, mordes.
Vens, te apressas, ondulas rápido e rápido,
me esmagas, me dissolves presa ao calor do teu sexo.
Tensão, espasmos incontrolados me enrijece
inteira, grito, quero.
Quero tudo sem saber de nada,
grito suspiro de gozo imenso, bem maior que eu.
Derreto-me, tremo, me debato no furor do abraço
que me esmaga, sufoca-me o beijo do teu gozo ofegante,
no meu fundo recebo teu sêmen tépido, como larva,
Amoleço, fico sorrindo sob teus beijos sedutores.
De repente me soluça o riso, soluça.
E choro convulsamente, irresistível pranto também gozo,
água que brota de inauditos poços meus.
Choro e sorrio, mas não sei por que,
e assim me convulsiono em outro gozo de jorrar-me.
Beijas minhas lágrimas,
Sugue cada gota que jorrar dos meus olhos, como tantas vezes fizestes,
alimenta teu ser com o mais nobre e verdadeiro de todos os meus líquidos,
sondas-me no espanto de teus olhos negros.
Mas duvido que me encontres:
teu olhar se mareja, os lábios tremem de silêncio.
E sem nada perguntar, aninhas
a cabeça entre meus seios,
Sinta meu coração que só sabe dizer:
Eu te quero mais e mais...!

10 dicas para sexo oral - (Texto retirado do Manual do Cafajeste)




Eu sempre encarei o sexo oral como algo muito mais íntimo que a própria penetração. Confesso que não costumo cair de boca em qualquer uma que transo, há uma série de pré-requisitos pra isso, mas quando ela é pequena, pouco pelo , limpa e o histórico da garota também…putz, ai me perco lá.
Como adoro receber um oral, eu também faço a minha parte no outro sentido, procurando deixar o meninão sempre bem apresentável. Acontece que poucas mulheres sabem fazer um oral bem feito. Por isso levantei 10 pontos para você por em prática:



1-) Surpreenda. É um saco ter que pedir pra garota assumir seu papel no sexo oral ou dar a famosa (e inconveniente) tocadinha na cabeça dela pra mostrar o caminho. Quando vocês tiverem trocando uns carinhos vai lá e dê o seu recado;

2-) Oral fast-food não. É bem desagradável aquelas garotas que só fazem oral por obrigação, para seguir a cartilha do sexo, e ai dão uma chupadinha de 30 segundos apenas. Se você não gosta, não faça. Se fizer, perca uns minutinhos com o meninão. (não to falando pra cronometrar, mas tenha feeling);



3-) Cuidado nas mordidas. Uma mordidinha de leve é até que interessante. Agora não morda como se fosse um chiclete, a cabeça é extremamente sensível, alguns joules a mais viram uma tortura.

4-) Cuidado com os dentes. Esse é o mais comum. Tem mulheres que não abrem a boca direito ou que movimentam o meninão com os dentes, e ai fica raspando o dente no garoto. Tente usar mais o lábio.



5-) Utilize temperos. Há uma série de ingredientes que colaboram pra deixar o oral mais interessante. Um deles é o halls preto e a aguá gelada (ou a combinação explosiva de ambos). Ponha um na boca e toma uns goles de água, depois mande ver, é indescritível a sensação. Leite condensado e marshmallow também são uma boa pedida.

6-) Olhar de rabo de olho. Esse é curioso, mas muitos homens adoram quando a garota está fazendo um oral e ela olha nos olhos do cara com aquela cara de cachorro pidão.


7-) E o saco escrotal? Algumas mulheres tem nojo, outras o ignoram e poucas conhecem o poder que ele tem. Um oral bem feito abrange esse amigo do meninão. Há um monte de terminação nervosa nele, o que o torna uma boa fonte de prazer quando estimulado. Dê umas lambidas e chupadas nele (de leve), o resultado é imediato.


8 -) Elogie. Eu sei que pra muitas mulheres isso é um pouco constrangedor. Mas, um elogio curto e sincero (principalmente) é sempre muito bem vindo e inesquecível (homem adora quando elogiam o seu membro, já falei isso).



9-) A polêmica, engole ou cospe? Pra mim isso é indiferente. O que é bem excitante é chegar ao clímax na boca da garota, não por que me dá prazer em ve-la com esperma na boca, mas por que na hora do orgasmo , o membro está sendo estimulado e isso prolonga o prazer.

10-) Beijo ele depois do oral ? Tai uma pergunta que muitas mulheres me fazem e fico indignado com a grossura de alguns homens. Poxa, a mulher deu tudo de si no sexo oral com o parceiro, por que ter nojo de beijá-la novamente? Isso eu acho meio injustificável. É ser muito fresco.




Enfim, é claro que assim como o beijo, não há uma fórmula pronta para se tornar expert, mas tendo atenção nesses detalhes é certeza de que o cara ficará amarradão no seu oral.

dezembro 12, 2010

Richard Bach


Pensamos que, às vezes, não restou um só dragão.
Não há mais qualquer bravo cavaleiro, nem uma única princesa a passear por florestas encantadas.
Pensamos, às vezes, que a nossa era está além das fronteiras, além das aventuras.
Que o destino já passou do horizonte e se foi para sempre.
É um prazer estar enganado.
Princesas e cavaleiros, encantamentos e dragões, mistério e aventura…
não existem apenas aqui e agora, mas também continuam a ser tudo o que já existiu nesse mundo.
Em nosso século, só mudaram de roupagem.
As aparências se tornaram tão insidiosas que as princesas e cavaleiros podem se esconder uns dos outros,
podem se esconder até de si mesmos.
Contudo, os mestres da realidade ainda nos encontram, em sonhos,
para nos dizerem que nunca perdemos o escudo de que precisamos contra os dragões;
que uma descarga de fogo azul nos envolve agora, a fim de que possamos mudar o mundo como desejarmos.
A intuição sussurra a verdade!
Não somos poeira, somos magia!
Feche os olhos e siga sua intuição.




Luiz Fernando Veríssimo


O desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.


Tenho apenas um exemplar em casa,que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha ‘Salvem as Mulheres!’


Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:


Habitat


Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que as prenda e as que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.


Alimentação correta


Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro. Beijos matinais e um ‘eu te amo’ no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.


Flores


Também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.


Respeite a natureza


Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação? Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso.


Não tolha a sua vaidade


É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, colecionar brincos, comprar muitos sapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Entenda tudo isso e apoie.


Cérebro feminino não é um mito


Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Se você se cansou de colecionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.


Não faça sombra sobre ela
Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.


Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.


Só tem mulher quem pode!




Clarice Lispector


“Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever?
Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu,
em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente.
O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma
intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente,
o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.
Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos.
E até que ponto posso controlá-los. [...]
Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente?
Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta?
E também tenho medo de tornar-me adulta demais:
eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura.
Vou pensar no assunto.
E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso.
Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.”

Comer rezar e Amar - Elizabeth Gilber



“…As pessoas tendem a pensar universalmente que a felicidade e um golpe de sorte, algo que talvez lhe aconteça se você tiver sorte suficiente, como o tempo bom. Mas não é assim que a felicidade funciona. A felicidade é consequência de um esforço pessoal. Você luta por ela, faz força para obtê-la, insiste nela, e algumas vezes viaja o mundo à sua procura. Você precisa participar o tempo todo das manifestações de suas próprias bênçãos. E, uma vez alcançado um estado de felicidade, nunca deve relaxar em sua manutenção, deve fazer um esforço sobre-humano para continuar para sempre nadando contra a corrente rumo a essa felicidade, para permanecer flutuando em cima dela. Se não fizer isso, seu contentamento interno irá se esvair. É muito fácil rezar quando se está passando por um momento difícil, mas continuar a rezar mesmo quando a crise já passou é como um processo de selamento, que ajuda sua alma a se aferrar às coisas boas que conquistou.”

Amor e alquimia


No meu entender, à medida que o seu amor se aprofunda, o seu sexo desaparece.
O amor é tão completo que qual é a necessidade de sexo?
Ele está ultrapassado, fora de moda.
Está chegando o tempo em que as crianças não mais nascerão
como fruto do sexo entre o homem e a mulher — porque temos sofrido muito:
crianças cegas, crianças retardadas que têm que viver suas vidas em profunda
agonia e sofrimento porque não há meios de remediar a situação.


Mas agora temos os meios. Agora o amor pode ser uma total alegria, pura diversão, uma celebração.
Não há mais a responsabilidade ou o medo de tornar a mulher grávida, porque isso a mantém em escravidão;
porque você é um parceiro em criar a criança, você terá de ser um parceiro em ajudá-la a crescer.
O passado na história do homem não tem sido realmente humano.
Pode tornar-se humano somente se a mulher e o homem deixarem de ser apenas parceiros sexuais.
Isso arrasta ambos para espaços muito baixos.


Se eles puderem amar um ao outro com respeito, sem se usarem como mercadorias,
ambos, homem e mulher, terão um grande crescimento de consciência.
Quanto mais sua energia sexual se transforma em amor, mais você se torna um ser espiritual.
O sexo é apenas um processo reprodutor forçado em você pela natureza.
A natureza o tem usado como uma fábrica. E você nem ao menos tem a dignidade de declarar: “Eu não sou uma fábrica!”
Isso acontecerá apenas se você estiver alerta, desperto, consciente do que está fazendo, do que está pensando, de como está se comportando; e isso traz a você tal graça e tal beleza que a preocupação com a beleza física simplesmente desaparece.
Eu tenho visto muitas mulheres bonitas com mentes muito feias.


Eu tenho visto homens bonitos, mas sua beleza não vai além da superfície.
E este é o problema: a beleza é sempre superficial, mas a feiúra é profunda.
Cave profundamente e você a encontrará, ela está lá; está nos ossos, está na medula.
O amor é a alquimia que pode transmutar essa feiúra interior.
E quando ela desaparece inteiramente, mesmo um rosto ordinário,
um rosto comum, começa a brilhar com a bênção e a alegria do além.


By Osho

O PODER DAS PALAVRAS


Sempre num lugar por onde passavam muitas pessoas, um mendigo
sentava-se na calçada e ao lado colocava uma placa com os dizeres:
“Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito,
sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo
confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado.“
Alguns passantes olhavam intrigados, outros achavam doido e outros
até davam-lhe dinheiro. Todos os dias, antes de dormir, ele contava
o dinheiro e notava que a cada dia a quantia era maior. Numa bela
manhã, um importante e arrojado executivo, que já o observava há
algum tempo, aproximou-se e lhe disse:
- Você é muito criativo! Não gostaria de colaborar numa campanha
da empresa?
- Vamos lá. Só tenho a ganhar, respondeu o mendigo.
Após um caprichado banho e com roupas novas, foi levado para a
empresa. Daí para frente sua vida foi uma seqüência de sucessos e
a certo tempo ele tornou-se um dos sócios majoritários. Numa
entrevista coletiva à imprensa, ele esclareceu de como conseguira
sair da mendicância para tão alta posição. Contou ele:
- Bem, houve época em que eu costumava me sentar nas calçadas com
uma placa ao lado, que dizia:
“Sou um nada neste mundo! Ninguém me ajuda! Não tenho onde morar!
Sou um homem fracassado e maltratado pela vida! Não consigo um
mísero emprego que me renda alguns trocados! Mal consigo
sobreviver!“
As coisas iam de mal a pior quando, certa noite, achei um livro e
nele atentei para um trecho que dizia:
“Tudo que você fala a seu respeito vai se reforçando. Por pior
que esteja a sua vida, diga que tudo vai bem. Por mais que você
não goste de sua aparência, afirme-se bonito. Por mais pobre que
seja você, diga a si mesmo e aos outros que você é próspero.“
Aquilo me tocou profundamente e, como nada tinha a perder, decidi
trocar os dizeres da placa para:
“Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito,
sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo
confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado.”
E a partir desse dia tudo começou a mudar, a vida me trouxe a
pessoa certa para tudo que eu precisava, até que cheguei onde estou
hoje. Tive apenas que entender o Poder das Palavras. O Universo sempre
apoiará tudo o que dissermos, escrevermos ou pensarmos a nosso
respeito e, isso acabará se manifestando em nossa vida como
realidade. Enquanto afirmarmos que tudo vai mal, que nossa
aparência é horrível, que nossos bens materiais são ínfimos, a
tendência é que as coisas fiquem piores ainda, pois o Universo as
reforçará. Ele materializa em nossa vida todas as nossas crenças.
Uma repórter, ironicamente, questionou:
- O senhor está querendo dizer que algumas palavras escritas numa
simples placa modificaram a sua vida?
Respondeu o homem, cheio de bom humor:
- Claro que não, minha ingênua amiga! Primeiro eu tive que
acreditar nelas!




**Quanto mais nos queixarmos da sorte,mais a sorte fugirá de nós.**


**Quanto mais criticar um filho mais este filho ficará sem estímulos.**

dezembro 11, 2010

- Khalil Gibran -


"O desejo é a metade da vida; a indiferença a metade da morte!"

"A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes."

"Quem não sabe aceitar as pequenas falhas das mulheres não aproveitará suas grandes virtudes."

"Aprendi o silêncio com os faladores,a tolerâcia com os intolerantes,a bondade com os maldosos e,por estranho que pareça,sou grato a esses professores."

dezembro 09, 2010

Relógio do Coração - Alexandre Pelegi

Há semanas que duraram anos, como há anos que não contaram um dia.
Há paixões que foram eternas, como há amigos que passaram céleres, apesar do calendário nos mostrar que eles ficaram por anos em nossas agendas.
Há amores não realizados que deixaram olhares de meses, e beijos não dados que até hoje esperam o desfecho.
Há trabalhos que nos tomaram décadas de nosso tempo na Terra, mas que nossa memória insiste em contá-los como semanas.
E há casamentos que, ao olhar para trás, mal preenchem os feriados da folhinha.
Há tristezas que nos paralisaram por meses, mas que hoje, passados os dias difíceis, mal guardamos lembrança de horas.
Há eventos que marcaram, e que duram para sempre - O NASCIMENTO DO FILHO, A MORTE DO PAI, A VIAGEM INESQUICIVEL, UM SONHO REALIZADO.
Estes têm a duração que nos ensina o significado da palavra "eternidade".
Já viajei para a mesma cidade uma centena de vezes, e na maioria das vezes o tempo transcorrido foi o mesmo. Mas conforme meu espírito, houve viagem que não teve fim até hoje, como há percurso que nem me lembro de ter feito, tão feliz eu estava na ocasião.
O relógio do coração -
hoje eu descubro - bate noutra freqüência daquele que carrego no pulso.

Marca um tempo diferente, de emoções que perduram e que mostram o verdadeiro tempo da gente.
Por este relógio, velhice é coisa de quem não conseguiu esticar o tempo que temos no mundo. É olhar as rugas e não perceber a maturidade.
É pensar antes naquilo que não foi feito, ao invés de se alegrar e sorrir com as lembranças da vida.
Pense nisso.

E consulte sempre o relógio do coração: ele te mostrará o verdadeiro tempo do mundo.

dezembro 08, 2010

Por que você ama quem você ama?


Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece a razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Então que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não tem a maior vocação para príncipe encantado, e ainda assim você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita de boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara? Não pergunte para mim.

Você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem o seu valor. É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar (ou quase). Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível. Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém. Com um currículo desse, criatura, por que diabo está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito do amor da sua vida!


ACASO - Antoine de Saint-Exupéry




"Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso. "

Florbela Espanca


Saudades! Sim... Talvez... e porque não?... Se o nosso sonho foi tão alto e forte. Que bem pensara vê-lo até à morte. Deslumbrar-me de luz o coração! Esquecer! Para quê?... Ah! como é vão! Que tudo isso, Amor, nos não importe. Se ele deixou beleza que conforte. Deve-nos ser sagrado como o pão! Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! E quem dera que fosse sempre assim: Quanto menos quisesse recordar. Mais a saudade andasse presa a mim!


Loucos e Santos - Oscar Wilde

Imagem q ganhei da Flor de Cristal
Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

Gandhi


Eu creio em mim mesmo.
Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e
creio na minha família.
Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos.
Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito.
Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar.
Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto.
Não diminuirei meu trabalho por ver que os outros o fazem.
Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz.
Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

Gandhi

Florbela Espanca


Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só...


Martha Medeiros


E o que é que ela vê nele? Nossos amigos se interrogam sobre nossas escolhas, e nós fazemos o mesmo em relação às escolhas deles. O que é, caramba, que aquele Fulano tem de especial? E qual será o encanto secreto da Beltrana?

Vou contar o que ela vê nele: ela vê tudo o que não conseguiu ver no próprio pai, ela vê uma serenidade rara e isso é mais importante do que o Porsche que ele não tem, ela vê que ele se emociona com pequenos gestos e se revolta com injustiças, ela vê uma pinta no ombro esquerdo que estranhamente ninguém repara, ela vê que ele faz tudo para que ela fique contente, ela vê que os olhos dele franzem na hora de ler um livro e mesmo assim o teimoso não procura um oftalmologista, ela vê que ele erra, mas quando acerta, acerta em cheio, que ele parece um lorde numa mesa de restaurante mas é desajeitado pra se vestir, ela vê que ele não dá a mínima para comportamentos padrões, ela vê que ele é um sonhador incorrigível, ela o vê chorando, ela o vê nu, ela o vê no que ele tem de invisível para todos os outros.

Agora vou contar o que ele vê nela: ele vê, sim, que o corpo dela não é nem de longe parecido com o da Daniella Cicarelli, mas vê que ela tem uma coxa roliça e uma boca que sorri mais para um lado do que para o outro, e vê que ela, do jeito que é, preenche todas as suas carências do passado, e vê que ela precisa dele e isso o faz sentir importante, e vê que ela até hoje não aprendeu a fazer um rabo-de-cavalo decente, mas faz um cafuné que deveria ser patenteado, e vê que ela boceja só de pensar na palavra bocejo e que faz parecer que é sempre primavera, de tanto que gosta de flores em casa, e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos, vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa, mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos, e por isso ele a ama mesmo que ninguém entenda.

    BONS AMIGOS - Machado de Assis


    Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
    Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
    Amigo a gente sente!

    Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
    Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
    Amigo a gente entende!

    Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
    Porque amigo sofre e chora.
    Amigo não tem hora pra consolar!

    Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
    Porque amigo é a direção.
    Amigo é a base quando falta o chão!

    Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
    Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
    Ter amigos é a melhor cumplicidade!

    Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
    Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

    Só tem um jeito de fazer valer a pena - Rosana Braga

    Penso que qualquer coisa que nos propomos a fazer precisa valer algo de
    bom. Precisa servir para algum crescimento, alguma evolução, mínima que
    seja. Assim, de atitude em atitude, de escolha em escolha, vamos
    desenhando a pessoa que de fato desejamos ser!

    Felizmente, muitas leituras, músicas, conversas e até filmes terminam
    servindo para fortalecer essa minha crença e mostrar que realmente "é
    preciso saber viver". Quando assisti "O Poder Além da Vida" pela
    primeira vez, fiquei encantada com a forma que esta mensagem é
    transmitida no filme. Baseado numa história verídica, o roteiro conta
    sobre um ginasta em crise existencial que encontra um amigo, uma espécie
    de mestre, com quem aprende lições fundamentais para seu amadurecimento.

    E numa das melhores cenas, o mestre diz ao rapaz algo mais ou menos
    assim: se quer fazer a sua vida valer a pena, precisa aprender a
    responder três perguntas e vivenciar essas respostas. São elas:
    - Onde você está? AQUI!
    - Que horas são? AGORA!
    - Quem é você? ESTE MOMENTO!

    Quando você está vivendo, seja qual for a situação, estando de fato
    "aqui", "agora" e sendo inteiramente "este momento", é impossível não
    valer a pena, simplesmente porque você estará conectado com a única
    existência real - o presente!

    Eckhart Tolle, autor do livro "O Poder do Agora" também dissertou de
    forma incrível e imperdível sobre como fazer sua vida valer a pena. E
    eu, seguindo minha linha de estudos e trabalho, escrevi o "FAÇA O AMOR
    VALER A PENA", na tentativa de nos relembrar o quanto temos sofrido por
    razões inventadas, por dificuldades desnecessárias e, assim, impedido
    nossa própria felicidade e a de outras pessoas.

    Ou seja, um livro para tentar nos manter atentos sobre a importância de
    se relacionar como Gente Grande, de fazer escolhas e assumi-las,
    vivenciá-las até o fim, validando nossos sentimentos, revendo nossas
    crenças e crescendo tanto quando acertamos, como quando erramos.

    Sabe por quê? Porque enquanto está tudo bem, tudo acontecendo conforme
    esperamos, tendemos a nos sentir satisfeitos. No entanto, quando a vida
    nos surpreende com uma situação diferente da que gostaríamos, ou quando
    alguém nos frustra com palavras ou sentimentos que não correspondem às
    nossas expectativas, fazemos uma guerra!

    E a guerra começa sempre dentro da gente! Armas, tiroteios, bombas,
    violência, agressividade, dor, morte e destruição! É isso que fazemos
    conosco quando não aceitamos os fatos e não encontramos recursos para
    lidar com eles. Estresse, ansiedade e até depressão podem ser os
    resultados, no final das contas.

    Será que não está na hora de revermos essa postura? Será que não seria
    muito melhor adotarmos uma crença mais edificante e construtiva? Que tal
    um lema do tipo "para o que não tem remédio, remediado está". O meu é
    "já que tá, que fique!" e significa que quando entro numa situação
    desagradável e inesperada da qual não posso sair no mesmo instante,
    relaxo e repito pra mim mesma: "Rosana, já que tá, que fique!" e
    vivencio a experiência até o fim ou até a primeira oportunidade de mudar
    o rumo dos acontecimentos.

    A idéia é evitar tanto sofrimento, tanta angústia e, mais do que isso, é
    fazer a vida e o amor valerem a pena realmente! Senão, continuaremos
    vivendo um dia depois do outro com a sensação de que viver e amar são
    armadilhas das quais precisamos tentar escapar... Não! Viver e amar são
    oportunidades maravilhosas que devem servir para nos dar a certeza
    prometida pela divertida frase de caminhão: "não sou o dono do mundo,
    mas sou filho do dono!". Ou seja, só privilégios e alegria, desde que
    façamos por merecer!

    trecho do livro - FAÇA O AMOR VALER A PENA, de Rosana Braga.

    Saudades - Clarice Lispector


    Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.
    Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
    quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
    eu sinto saudades...

    Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
    de pessoas com quem não mais falei ou cruzei...

    Sinto saudades da minha infância,
    do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,
    do penúltimo e daqueles que ainda vou ter, se Deus quiser...

    Sinto saudades do presente,
    que não aproveitei de todo,
    lembrando do passado
    e apostando no futuro...

    Sinto saudades do futuro,
    que se idealizado,
    provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...

    Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!
    De quem disse que viria
    e nem apareceu;
    de quem apareceu correndo,
    sem me conhecer direito,
    de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

    Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito!

    Daqueles que não tiveram
    como me dizer adeus;
    de gente que passou na calçada contrária da minha vida
    e que só enxerguei de vislumbre!

    Sinto saudades de coisas que tive
    e de outras que não tive
    mas quis muito ter!

    Sinto saudades de coisas
    que nem sei se existiram.

    Sinto saudades de coisas sérias,
    de coisas hilariantes,
    de casos, de experiências...

    Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia
    e que me amava fielmente, como só os cães são capazes de fazer!

    Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar!

    Sinto saudades dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,

    Sinto saudades das coisas que vivi
    e das que deixei passar,
    sem curtir na totalidade.

    Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que...
    não sei onde...
    para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi...

    Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades
    Em japonês, em russo,
    em italiano, em inglês...
    mas que minha saudade,
    por eu ter nascido no Brasil,
    só fala português, embora, lá no fundo, possa ser poliglota.

    Aliás, dizem que costuma-se usar sempre a língua pátria,
    espontaneamente quando
    estamos desesperados...
    para contar dinheiro... fazer amor...
    declarar sentimentos fortes...
    seja lá em que lugar do mundo estejamos.

    Eu acredito que um simples
    "I miss you"
    ou seja lá
    como possamos traduzir saudade em outra língua,
    nunca terá a mesma força e significado da nossa palavrinha.

    Talvez não exprima corretamente
    a imensa falta
    que sentimos de coisas
    ou pessoas queridas.

    E é por isso que eu tenho mais saudades...
    Porque encontrei uma palavra
    para usar todas as vezes
    em que sinto este aperto no peito,
    meio nostálgico, meio gostoso,
    mas que funciona melhor
    do que um sinal vital
    quando se quer falar de vida
    e de sentimentos.

    Ela é a prova inequívoca
    de que somos sensíveis!
    De que amamos muito
    o que tivemos
    e lamentamos as coisas boas
    que perdemos ao longo da nossa existência...

    Clarice Lispector = Helen Palmer


    “Sejam vocês mesmas! Estudem cuidadosamente o que há de positivo ou negativo na sua pessoa e tirem partido disso. A mulher inteligente tira partido até dos pontos negativos. Uma boca demasiadamente rasgada, uns olhos pequenos, um nariz não muito correto podem servir para marcar o seu tipo e torná-lo mais atraente.
    Desde que seja seu mesmo.” (Helen Palmer)


    Com o pseudônimo Helen Palmer


    Separada do diplomata Maury Gurgel Valente e acompanhada de seus dois filhos pequenos, Pedro e Paulo, Clarice Lispector retorna ao Brasil para viver no bairro do Leme, no Rio de Janeiro. Nesta época, ela inicia nova colaboração com os periódicos cariocas. De agosto de 1959 a fevereiro de 1961, ela assume o pseudônimo de Helen Palmer para assinar a coluna “Correio feminino – Feira de utilidades”, no jornal Correio da Manhã. O espaço tinha o patrocínio da indústria de comésticos Pond’s, e deveria dar dicas de beleza a partir dos produtos da empresa, sem citar explicitamente sua marca.


    Clarice Lispector fez de Helen Palmer uma conselheira de moda, beleza e, principalmente, de sedução. Em colunas como “Cursinho de emergência”, “Cursinho sobre cabelos” e “Cursinho sobre perfume”, as receitas visavam a conquista do bem-amado. A mulher deveria ter a pele bem cuidada, os olhos brilhantes, os cabelos sedosos e, principalmente, uma personalidade cativante – delicada, alegre, com gestos contidos e muita feminilidade. Nada de vestidos muito justos, saltos muito altos, excesso de jóias ou de pintura que, segundo a colunista, os homens detestam. Helen Palmer orientava sua leitora a ser discreta, pois “chamar a atenção não é a finalidade de uma mulher elegante e inteligente” , como pode ser conferido na coluna publicada em 04 de maio 1960:




    Discrição:


    Você naturalmente sabe que chamar a atenção não é de bom-tom e dá sempre uma impressão muito má da mulher. Seja pela roupa escandalosa, pelo penteado exótico, pelo andar, pelos modos, pela risada grosseira, seja, enfim, de que maneira for a mulher que chama a atenção sobre a sua pessoa o único troféu que merece é o da vulgaridade. A mulher elegante é discreta. Sua superioridade está nos detalhes cuidados na harmonia das cores, no bom gosto dos acessórios. Se ela é também bonita, a beleza é por si só um ponto de atração para os olhos, sem precisar ser orientada. Os homens, geralmente muito discretos, detestam as mulheres que se destacam demais, onde quer que apareçam. Não apenas pela sua própria maneira de ser, mas também por uma questão de vaidade masculina, já que não lhes é agradável ficar ofuscados ou relegados a um plano inferior. (Helen Palmer)






    *Só Para Mulheres é um livro de coletâneas dos conselhos de Helen Palmer, lançado em 2008.

    dezembro 07, 2010

    Cheguei!


    Preciso retomar meu blog tao abandonadinhuuuu

    novembro 27, 2010

    Finalmente 4 dias viajanduuuuuu

    Brincadeira dos 7 Desafios

    Essas meninas estão sempre inventando brincadeiras virtuais
    Então vms lá expor um "cadinhu" (como diria minha amada amiga Venus) essa submissa aki.

    7 coisas que pretendo fazer antes de morrer:

    1. Terminar meu curso de inglês. Reiniciei umas três vezes e sempre acontece algo q não consigo terminar. Meu inglês é medíocre tipo: hotdog, table, Yes, no... Pode uma mulher moderna!! Inconcebível!

    2. Ter um refúgio. Uma fazenda com bichos roseiras comer fruta no pé.

    3. Carro tração 4 por 4 para ir na fazenda claro!

    4. Fazer um curso de mergulho.

    5. Voltar a treinar voley de praia.

    6. Ser vovó.

    7. Amar e Amar sempre até o último dia da minha vida! Não importa se venha me arrepender sempre vou amar filhos,família, amigos o DONO (meu Amor).


    7 coisas que mais digo:

    1. Putz

    2. Affffff

    3. Como assim?

    4. Caracaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    5. Caraiooooooooooooooo ( filha de portuga já viu não tira o caralho da boca, hummm delicia lembrei DONO, kkkkkk)

    6. Amores e Amoras (tentando silenciar meus alunos)

    7. Ninguém merece...


    7 coisas que faço bem: - Caracaaaaaaaaaa essa deu trabalho não sou boa em muitas coisas.

    1. Jogar voley (paixão fulminante destes 15 anos)

    2. Cozinhar

    3. Tricô e crochê (acreditem se quiser!)

    4. Montagem de projetos

    5. Meu trabalho arrazo!

    6. Administração

    7. Vale sexo?



    7 defeitos meus: Putzzzzz entregação total

    1. Ciumenta (numero um meu defeito terrível tendo controlar quando me vejo já chutei o pau da barraca arrumei maior confusão)

    2. Chorona – Viva a TPM!

    3. Organizada demais

    4. Irônica – meus amigos nem vou comentar...

    5. Odeio q subestime minha inteligência – piro!

    6. Critica

    7. Engraçadinha demais... faço piada de tudo e ai junta com a ironia... afff

    P.S.: Acho q vou perder todos os meus amigos hj!


    7 Qualidades

    1. Transparente

    2. Sincera e Fiel (sempre)

    3. Amiga

    4. Carinhosa

    5. Alegre

    6. Antenada e Moderna (e não falo inglês... num pode!)

    7. Apaixonada ( pode ser platônico toh sempre xonada)


    7 coisas que amo:

    1. Deus

    2. Família mas aqueles dois q me chamam de mamy mato e roubo por eles tipo leoa mesmo grrrrrrrrrrrrrrrrrr

    3.  Meu Amor = DONO (ahhhhhhhhhhhhh)

    4. Amigos não vivo sem eles

    5. Trabalho

    6. Música

    7. Corinthians!


    *** Passando a Bola para :
    Flor de Cristal
    Vênus
    Naya
    Kelly
    Ihhhh era só tres: Outro defeito exagero tuuuuuuuuuuuudo!