JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

setembro 22, 2012

Doce Certeza - Florbela Espanca


Por essa vida fora hás-de adorar 
 Lindas mulheres, talvez; em ânsia louca, 
 Em infinito anseio hás de beijar 
 Estrelas d´ouro fulgindo em muita boca! 
 Hás de guardar em cofre perfumado 
 Cabelos d´ouro e risos de mulher, 
 Muito beijo d´amor apaixonado; 
 E não te lembrarás de mim sequer… 
 Hás de tecer uns sonhos delicados… 
 Hão de por muitos olhos magoados, 
 Os teus olhos de luz andar imersos!… 
 Mas nunca encontrarás p´la vida fora, 
 Amor assim como este amor que chora 
 Neste beijo d´amor que são meus versos!…

P.S.: Filhot@ Lena Lopez postou exatamente assim no meu face, amei demais!

6 comentários:

  1. Sou muito, Muito, MUITO fã...
    De Florbela Espanca. Sempre A Perfeição!

    ResponderExcluir
  2. lindo querida...adorei...
    beijos amordaçados...

    ResponderExcluir
  3. Lindo M@mys e obrigada pela lembrança!
    Eu apenas compartilhei uma poesia desta mulher fantástica!
    BJOS
    Lena

    ResponderExcluir