JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

setembro 13, 2012

Bom dia - autor desconhecido



Bom dia 
 Que o dia de hoje esteja trazendo o novo, a mudança e o grande vôo! 
 Que o agora seja vibrante em nossos corações sem projeções futuras, sem memórias passadas.
 Vamos experimentar o abandono dos pesos , 
 vamos tentar ser como o pássaro que canta lá fora nesse exato momento, 
ser como a árvore que faz a sombra amena, 
como o sol que reflete vida a cada segundo.. 
 Sintonizar o nosso eu nesse instante que está chegando, 
porque ele revela a única existência verdadeira e respira cheio de possibilidades reais. 
 O instante de agora traz nele a mais pura semente germinável,
 aquela que é capaz de transformar todos os nossos conceitos condicionados . 
 Sentir o contato, o toque suave desse dia,
 fechar nossos olhos e tentar absorver o agora o entendendo como o grande presente da energia, percebendo a grandiosidade que nos é oferecida quando abrimos realmente os braços para recebê-lo sem tensões, 
sem as interferências da mente,
 sem os pensamentos que o anulam. 
Recebê-lo com as portas do coração abertas e renascer, 
mergulhar,
 conhecer a consciência de ser na exuberância desse instante. 
 Como borboletas que seguem em direção à Luz, 
 que cada um de nós saiba abandonar os antigos casulos 
e voe em direção ao brilho da vida que está começando agora.

Autor desconhecido


** Recebi por email do meu amigo - Navegante Sonhador **


4 comentários:

  1. Querida Sophys!

    Que delícia de surpresa!!!
    Adorei! E me vi nas linhas desse texto...vou até salvar aqui...rss

    Obrigada pela visita e pelo carinho...

    Beijos borboléticos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom q vc gostou, todo meu carinho pra vc borboletinha linda,

      Bjk@s

      Excluir
  2. E assim a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas ... Não quero voar baixo se posso ter o céu como limite.
    Adorei o post.
    Beijos ^^

    ResponderExcluir