JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

março 11, 2016

Sigmund Freud.



Privamo-nos para mantermos a nossa integridade,
 poupamos a nossa saúde, 
a nossa capacidade de gozar a vida, 
as nossas emoções, guardamo-nos para alguma coisa 
sem sequer sabermos o que essa coisa é.
 E este hábito de reprimirmos constantemente as nossas pulsões naturais
 é o que faz de nós seres tão refinados.
 Por que é que não nos embriagamos? 
Porque a vergonha e os transtornos das dores de cabeça 
fazem nascer um desprazer mais importante que o prazer da embriaguez. 
Por que é que não nos apaixonamos todos os meses de novo? 
Porque, por altura de cada separação,
 uma parte dos nossos corações fica desfeita.
 Assim, esforçamo-nos mais por evitar
 o sofrimento do que na busca do prazer.

3 comentários:

  1. Maravilhosa pessoa,
    Tomei a liberdade de apossar-me da balíssima foto do falo que nutre a taça, que ilustraria perfeitamente um conto meu. Mas dou-te a liberdade de negar-mo. Sabes onde encontrar-me. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina!

      Pode levar o q precisar é nosso!

      Bjoooooo

      Excluir
  2. O texto é como sempre um indicador para se pensar e discutir.
    a imagem fantástica e deliciosa :)

    Beijo bommmmmm

    ResponderExcluir