JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

março 30, 2016

Ana Jácomo


“Muitas vezes eu também já me perguntei 
se adianta a gente se empenhar para abrir o coração 
num tempo de tantos corações rigidamente trancados,
 em que o medo parece dar as cartas 
e descartar possibilidades de troca, 
espontaneidade e amor.

2 comentários:

  1. Nunca devemos nos arrepender de abrir nossos corações; infelizes são aqueles que não sabem retribuir ou corresponder... que a frieza dessas pessoas não nos mude :)
    Beijos

    ResponderExcluir