JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 25, 2016

Paulo Coelho



Viver é estar sempre preparado para dizer adeus, 
diz um amigo meu, no aeroporto. 
Caminhamos de um lado para o outro, 
enquanto aguardo a hora do meu vôo.
Entretanto continua meu amigo,
 a Natureza é sábia.  
Cura a alma da mesma maneira com que cura o corpo.
Passamos por três estágios da doença  do adeus. 
 O primeiro é a negação: 
isto não é verdade!.
Depois vem o desespero, a revolta: 
era verdade!
Tal coisa nunca podia acontecer comigo!
Finalmente, 
vem a aceitação: 
Bem, era verdade, aconteceu, 
agora é preciso seguir adiante!
Se vivermos cada uma destas etapas,
sem vergonha, sem tentar cortar caminho 
a Natureza se encarregará de fechar a ferida. 
Mas ela precisa do mesmo ingrediente 
que é necessário para curar os males do corpo: 
tempo.

Um comentário:

  1. Lindo texto de Paulo Coelho, exímio escritor, letrista e jornalista.

    Bjs da Leoa

    ResponderExcluir