JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 05, 2016

Martha Medeiros


Cazuza ainda dizia, lá no meio dos versos,
 que pega mal sofrer. 
Pois é, pega mal. 
Melhor sair pra balada, 
melhor forçar um sorriso,
 melhor dizer que está tudo bem,
 melhor desamarrar a cara.
 “Não quero te ver triste assim”,
 sussurrava Roberto Carlos em meio à outra música. 
Todos cantam a tristeza, mas poucos a enfrentam de fato.
 Os esforços não são para compreendê-la,
 e sim, para disfarçá-la, sufocá-la. 
Ela que, humilde, só quer usufruir do seu direito de existir, 
de assegurar seu espaço nesta sociedade que exalta apenas o oba-oba e a verborragia, 
e que desconfia de quem está calado demais. 
Claro que é melhor ser alegre que ser triste (agora é Vinícius), 
mas melhor mesmo é ninguém privar você de sentir o que for. 

Em tempo: na maioria das vezes,
 é a gente mesmo que não se permite estar alguns degraus abaixo da euforia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário