JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

agosto 17, 2012

JA DIZIA NELSON CAVAQUINHO



Sei que amanhã 
Quando eu morrer 
Os meus amigos vão dizer 
Que eu tinha um bom coração 
Alguns até hão de chorar
 E querer me homenagear 
Fazendo de ouro um violão 
Mas depois que o tempo passar 
Sei que ninguém vai se lembrar 
Que eu fui embora 
Por isso é que eu penso assim 
Se alguém quiser fazer por mim 
Que faça agora. 
Me dê as flores em vida
 O carinho, a mão amiga,
 Para aliviar meus ais. 
Depois que eu me chamar saudade
 Não preciso de vaidade 
Quero preces e nada mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário