JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

setembro 27, 2014

Martha Medeiros


E este coração acomodado aí no peito? 
Use-o, oras bolas. 
Não fique protegendo-se de frustrações
 só porque seu grande amor da adolescência não deu certo. 
Ou porque seu casamento até-que-a-morte-os-separe
 durou "apenas" 13 anos. 
Não enviúve de si mesmo, ninguém morreu.

Use-se para fazer amigos,
 use-se para evoluir. 
Use seus olhos para ler, 
chorar, reter cenas vistas e vividas.
A memória e a emoção vêm muito do olho. 
Use os ouvidos para escutar boa música,
 estímulos e o silêncio mais completo.
Use as pernas para pedalar, escalar,
 levantar da cama, ir aonde quiser.

Sua boca pra sorrir...
Sua barriga para gerar filhos...
Seus seios para amamentar...
Seus braços para trabalhar... 
Sua alma para preencher-se...
seu cérebro para não morrer em vida.
Use-se.

Se você não fizer, algum engraçadinho o fará.


2 comentários:

  1. Se você quiser eu uso todo o teu corpo... coração, boca, pele, cabeça, olhos..... e tudo o mais (que não preciso dizer)...
    Lindo poema mocinha!

    ResponderExcluir
  2. Amigooooo

    Vc some dps vem me seduzir, kkkk

    Bjooooo

    ResponderExcluir