JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

julho 06, 2014

Rubem Alves


Já tive medo da morte. 
Hoje não tenho mais. 
O que sinto é uma enorme tristeza.
 A vida é tão boa! Não quero ir embora... 
A vida, para ser bela, deve estar cercada de verdade, 
de bondade, de liberdade.
Essas são as coisas pelas quais 
vale a pena morrer. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário