JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

setembro 17, 2016

Segredo - Para Sophysticada



Um amor encontrei, nada diferente dos outros
Uma razão de vida, na esquina ou no cinemar
Encontrei, mesmo ferida a vida surfa no teu ar
Em você quero eu estar, e também ser e atar
Deixar me levar por esse amor não me regalar
Fluir sim só deixar que navegue em eu amar
Trata-lo com um real e fictício, corpo como lar
Deixando abertas as entranhas que queimam no bar
Onde te encontrei como falso canalha, falta se barbear
Mas deixa pra lá, tu roças na nuca como nunca largar
Me deixa sem o ar que respiramos juntos na boca cochichar
Fazendo que eu fique sem pronunciar os argumentos delatar
Que te quero dentro de mim agora, safada eu a grudar
Não tenho medo de nada, sei que vou me esfolar
Minhas feridas novamente revelar

10/07/2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário