JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 30, 2015

"Ela sacudiu os ombros: — Dane-se. Comigo sempre foi tudo ao contrário".Caio F Abreu


Luis Fernando Veríssimo



Se o tal "amor"é impontual e imprevisível que se dane! 
Não adianta: 
As pessoas são impacientes! 
São e sempre vão ser! ]Tem gente que diz que não é... 
"Eu não sou ansioso, as coisas acontecem quando tem que acontecer."
 Mentira! 
Por dentro todo ser humano é igual: 
impaciente, sonhador, iludido... 
Jura de pé junto que não, 
mas vive sempre em busca da famosa cara metade! 
Pode dar o nome que quiser: 
amor, alma gêmea, par perfeito, 
a outra metade da laranja... 
No fim dá tudo no mesmo. 
Pode soar brega, cafona... 
Mas é a realidade. 
Inclusive o assunto "amor" é sempre cafonérrimo. 
Acredito que o status de cafona surgiu 
porque a grande maioria das pessoas 
nunca teve a oportunidade de viver um grande amor. 
Poucas pessoas experimentaram nesta vida a sensação de sonhar acordada,
 de dormir do lado do telefone, 
de ter os olhos brilhando, 
de desfilar com aquele sorriso de borboleta azul estampado no rosto.

Apresentação - Cecília Meireles



Aqui está minha vida - esta areia tão clara 
com desenhos de andar dedicados ao vento.

Aqui está minha voz - esta concha vazia,
sombra de som curtindo o seu próprio lamento.

Aqui está minha dor - este coral quebrado,
sobrevivendo ao seu patético momento.

Aqui está minha herança - este mar solitário,
que de um lado era amor e, do outro, esquecimento.

"Na infância.. Bastava sol lá fora e o resto se resolvia." Fabrício Carpinejar


maio 25, 2015

Oscar Wilde



" Os homens sempre quer ser o primeiro amor de uma mulher. 
Esta e a sua presunção. 
As mulheres têm um instinto mais sutil para as coisas:
eles gostam de ser o último amor de um homem "

maio 09, 2015

Coração Selvagem - Ana Carolina


Meu bem
Guarde uma frase minha
Dentro da sua canção
Esconda um beijo pra mim
Sob as dobras do blusão
Eu quero um gole de cerveja
No seu copo, no seu colo e nesse bar

Meu bem
O meu lugar
É onde você quer que ele seja
Não quero o que a cabeça pensa
Eu quero o que a alma deseja
Arco-íris, anjo rebelde
Eu quero logo... Tenho pressa de viver

Mas quando você me amar
Me abrace e beije bem devagar
Que é pra eu ter tempo, tempo de me apaixonar
Tempo pra ouvir o rádio no carro
Tempo para a turma do outro bairro
Ver e saber que eu te amo

Meu bem
O mundo inteiro está naquela estrada
Ali em frente
Tome um refrigerante depois do meu beijo quente
Sim, já é outra viagem
E o meu coração selvagem
Tem essa pressa de viver

Meu bem
Mas quando a vida nos violentar
Pediremos a algum Deus que nos ajude
Falaremos para a vida "vida pisa devagar
"Meu coração, cuidado, é frágil
Meu coração é como um vidro
Como um beijo de novela"

Meu bem
Talvez você possa compreender a minha solidão
O meu som, a minha fúria e essa pressa de viver
Esse jeito de deixar sempre de lado uma certeza
E arriscar tudo de novo com paixão
Andar caminho errado pela simples
Alegria de ser

Vem viver comigo
Vem correr perigo
Vem morrer comigo
Meu bem

Meu bem
Meu bem
Meu bem

Talvez eu morra jovem em alguma curva do caminho
Algum punhal de amor traído completará o meu destino
Vem

Vem viver comigo
Vem correr perigo
Vem morrer comigo
Meu bem
Meu bem
Meu bem
Meu beemm





William P. Young - "A Cabana"


É fato, as vezes a vida é dura, 
mas eu tenho muita coisa para agradecer!

Cora Coralina


A vida tem duas faces:
Positiva e negativa.
O passado foi duro,
mas deixou o seu legado.
Saber viver é a grande sabedoria.
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações,
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes,
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo,
Aprendi a viver.