JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

outubro 03, 2014

Clarissa Corrêa


Eu não sou legal, não mesmo.
 Acho que sempre tenho razão 
e quando minhas previsões dão certo 
olho com a cara mais abominável do mundo,
 dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. 
É que, em geral, eu tenho razão. 
Essa é a primeira –e mais importante 
– coisa que você precisa aprender a meu respeito. (...) 
Não sei receber elogios,
 fico sem saber o que fazer, 
me atrapalho e acabo trocando de assunto
 – quando não troco as pernas
 e tropeço em algum canto de mim.
 Sorrio para disfarçar desconfortos. 
Se eu não gosto de você 
é bem provável que você tenha medo do meu olhar. 
E eu posso simplesmente não gostar de você de graça.
Se eu gostar de você aviso de antemão
 que você é uma pessoa de sorte.
 Eu me entrego. ]
Quem vive comigo sabe. 
Quem convive comigo sente.
 Eu amo poucos. 
Mas esses poucos, pode apostar, amo muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário