JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 30, 2013

"Não me importo em ser glamurosa e sensual, Mas as coisas que isso implica são um fardo. Um objeto sexual se torna uma coisa, detesto ser uma coisa". Marilyn Monroe








"Nada é tão flexível como a língua da mulher, nada é tão pérfido como os seus remorsos, nada é mais terrível do que a sua maldade, nada é mais sensível do que as suas lágrimas". Plutarco


Não ameis a distância - Rubem Braga


Em uma cidade há um milhão e meio de pessoas, em outra há outros milhões; e as cidades são tão longe uma da outra que nesta é verão quando naquela é inverno. Em cada uma dessas cidades há uma pessoa, e essas pessoas tão distantes acaso pensareis que podem cultivar em segredo, como plantinha de estufa, um amor a distância?
Andam em ruas tão diferentes e passam o dia falando línguas diversas; cada uma tem em torno de si uma presença constante e inumerável de olhos, vozes, notícias. Não se telefonam mais; é tão caro e demorado e tão ruim e além disso, que se diriam? Escrevem-se. Mas uma carta leva dias para chegar; ainda que venha vibrando, cálida, cheia de sentimento, quem sabe se no momento em que é lida já não poderia ter sido escrita? A carta não diz o que a outra pessoa está sentindo, diz o que sentiu a semana passada... e as semanas passam de maneira assustadora os domingos se precipitam mal começam as noites de sábado, as segundas retornam com veemência gritando - "outra semana!" e as quartas já tem um gosto de sexta, e o abril de de-já-hoje é mudado em agosto...
Sim, há uma frase na carta cheia de calor, cheia de luz; mas a vida presente é traiçoeira e os astrônomos não dizem que muitas vez ficamos como patetas a ver uma linda estrela jurando pela sua existência - e no entanto há séculos ela se apagou na escuridão do caos, sua luz é que custou a fazer a viagem? Direis que não importa a estrela em si mesma, e sim a luz que ela nos manda; e eu vos direi: amai para entendê-las!
Ao que ama o que lhe importa não é a luz nem o som, é a própria pessoa amada mesma, o seu vero cabelo, e o vero pêlo, o osso de seu joelho, sua terna e úmida presença carnal, o imediato calor; é o de hoje, o agora, o aqui - e isso não há.
Então a outra pessoa vira retratinho no bolso, borboleta perdida no ar, brisa que a testa recebe na esquina, tudo o que for eco, sombra, imagem, um pequeno fantasma, e nada mais. E a vida de todo dia vai gastando insensivelmente a outra pessoa, hoje lhe tira um modesto fio de cabelo, amanhã apenas passa a unha de leve fazendo um traço branco na sua coxa queimada pelo sol, de súbito a outra pessoa entra em fading um sábado inteiro, está-se gastando, perdendo seu poder emissor a distância.
Cuidai amar uma pessoa, e ao fim vosso amor é um maço de cartas e fotografias no fundo de uma gaveta que se abre cada vez menos...
Não ameis a distância, não ameis, não ameis!
Rubem Braga

maio 29, 2013

"Onde foram parar os homens com H da vida? Tá faltando homem com pegada. Tá faltando homem que assuma seus afetos, homem que se apaixone e que se dane o que os outros pensem, o que a sociedade aplauda ou condene. Tá faltando homem. Homem que aguente as consequências de seus desejos, que defenda as razões de seu coração". Pedro Bial









Fabrício Carpinejar


"Abraço tem que ter pegada, jeito, curva.
 Aperto suave, que pode virar colo. 
Alento tenso, que pode virar despedida. 
Abraço é confissão. 
Abraço não pode ser rápido senão é empurrão. 
Requer cruzamento dos braços e uma demora do rosto no linho. 
Abraço é para atravessar o nosso corpo". 

Chico Xavier


"Lembremo-nos de que o homem interior se renova sempre. 
A luta enriquece-o de experiência, 
a dor aprimora-lhe as emoções e o sacrifício tempera-lhe o caráter.
O Espírito encarnado sofre constantes transformações por fora,
 a fim de acrisolar-se e engrandecer-se por dentro".

"Cada novo dia com meu namorado é uma aventura, rs". By Sophys


Lya Luft



[...] Não digam que tenho livros a escrever
e viagens a realizar.
Não digam nada.

Pois eu vejo que o sol continua nascendo
aqui onde vim lamber minha ferida aberta.

(Mas não me consolem:
da minha dor, sei eu.)

The Cave


"Chegará o dia em que talvez as máquinas pensem, porém elas nunca terão sonhos". Theodor Heuss


maio 28, 2013

Rubem Braga


"É flor! É inacreditável como a mulher se parece com a flor. 
Fixemos uma flor.
 Sabemos o que é, como nasceu, e que morrerá. 
Mas nossa botanica não explica a frescura desse milagre;
 nem muito menos porque nos emociona.
 Podemos passar diante de uma casa de flores,
 e ver, e achar belas as flores. 
Mas a flor que de repente nasce no muro familiar, 
que adianta prová-la?
 É uma aparição;
 algo que traz do fundo da terra uma inesperada palavra de candor.
 Parece dizer: eis-me aqui. 
E não é apenas a brisa que a estremece: é a vida".
Rubem Braga

"A coisa nenhuma deveria ser dado um nome, pois há perigo de que esse nome a transforme". Virginia Woolf


"Pensei o quanto desconfortável é ser trancado do lado de fora; e pensei o quanto é pior, talvez, ser trancado no lado de dentro". Virginia Woolf


maio 27, 2013

Paulo Coelho


"Todos os dias Deus nos dá um momento 
em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. 
O instante mágico é o momento 
em que um 'sim' ou um 'não' pode mudar toda a nossa existência.
(Nas margens do Rio Piedra eu sentei e chorei).
Paulo Coelho

"Sou um homem quieto, o que eu gosto é ficar num banco sentado, entre moitas, calado, anoitecendo devagar, meio triste, lembrando umas coisas, umas coisas que nem valiam a pena lembrar". Rubem Braga


maio 26, 2013

"Sono, essa deplorável redução do prazer da vida". Virginia Woolf


"Mil dias não bastam para aprender o bem; mas para aprender o mal, uma hora é demais". Confúcio


"A Traição das Elegantes" - Rubem Braga


"Tarde fria, e então eu me sinto um daqueles velhos poetas de antigamente que sentiam frio na alma quando a tarde estava fria, e então eu sinto uma saudade muito grande, uma saudade de noivo, e penso em ti devagar, bem devagar, com um bem-querer tão certo e limpo, tão fundo e bom que parece que estou te embalando dentro de mim.

Ah, que vontade de escrever bobagens bem meigas, bobagens para todo mundo me achar ridículo e talvez alguém pensar que na verdade estou aproveitando uma crônica muito antiga num dia sem assunto, uma crônica de rapaz; e, entretanto, eu hoje não me sinto rapaz, apenas um menino, com o amor teimoso de um menino, o amor burro e comprido de um menino lírico. Olho-me no espelho e percebo que estou envelhecendo rápida e definitivamente; com esses cabelos brancos parece que não vou morrer, apenas minha imagem vai-se apagando, vou ficando menos nítido, estou parecendo um desses clichês sempre feitos com fotografias antigas que os jornais publicam de um desaparecido que a família procura em vão.

Sim, eu sou um desaparecido cuja esmaecida, inútil foto se publica num canto de uma página interior de jornal, eu sou o irreconhecível, irrecuperável desaparecido que não aparecerá mais nunca, mas só tu sabes que em alguma distante esquina de uma não lembrada cidade estará de pé um homem perplexo, pensando em ti, pensando teimosamente, docemente em ti, meu amor."

Do livro "A Traição das Elegantes", Editora Sabiá - Rio de Janeiro, 1969, pág. 112, extraímos o texto acima.
Rubem Braga

"A primeira vez que você vier a mentir e eu acreditar, a culpa será sua. A segunda, será minha". Theodor Boehme


"Há mais perigo em teus olhos do que em vinte espadas". William Shakespeare




maio 24, 2013

Calcinha bege é broxante mesmo?






Roubartilhada da Melzinha


Arte erotica



Virginia Woolf


"Encarar a vida pela frente... Sempre... 
Encarar a vida pela frente, e vê-la como ela é...
 Por fim, entendê-la e amá-la pelo que ela é... 
E depois deixá-la seguir... 
Sempre os anos entre nós, sempre os anos...
 Sempre o amor... 
Sempre a razão... 
Sempre o tempo... 
Sempre... As horas".