JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

setembro 14, 2013

Nosso encontro - Primeira parte - Coração disparado - Por Sophys


O Encontro

Depois de um certo tempo já estávamos tão perto um do outro
que a distância era um mero detalhe.
O detalhe que logo não existira mais.
Marcamos o nosso encontro desta vez tudo deu certo.
 Fui para Sampa encontrar-lo.
Ele estaria no hotel,
eu iria até Ele.
Cheguei na porta do hotel.
Fui autorizada a subir.
Degrau por degrau me sentia mais perto Dele.
Meu coração pulsava tão forte denunciando minha ansiedade.
Mil coisas na cabeça...


Quarto 230,
 lá estava eu,
 em frente a unica barreira de abraçar o homem que dando desejos me provoca.
Bati na porta.
Observo o girar da fechadura,
 a porta se abre lentamente,
não sei exatamente o que aconteceu,
quando dei por mim
estava pendurada no seu pescoço
 num dos abraços mais ansiados.
Fiquei ali alguns segundos,
 minutos não sei dizer,
sussurrei ao seu ouvido:
- Não me larga.
Ficamos ali abraçados
 o primeiro beijo.
o mundo para,
 naquele momento somos só nós dois.
Juntos,
nos olhando
nos beijando
nos tocando
sentindo a respiração um do outro
o alivio do fim da grande espera.

By Sophys



"Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor
A conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te ama".

Nenhum comentário:

Postar um comentário