JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

março 24, 2013

Clarissa Corrêa



“É bonito manifestar sentimento. 
E é feio só querer receber. 
Receber abraço, beijo, 
comidinha gostosa, carinho, cafuné.
Na vida, a lei é clara:
 a gente dá e recebe. 
É uma via de duas mãos. 
Você faz, você leva. 
É claro que ninguém tem que fazer por merecer,
 mas em uma relação a gente tem que se preocupar,
 sim, com as necessidades do outro.
 E se o outro se sente mais amado com um bilhete, 
uma surpresa, 
uma flor,
 uma carta, 
um email querido, 
uma mensagem romântica, 
não custa nada ser gentil. 
É bom agradar quem a gente ama. 
O ruim é ser egoísta e só pensar nas próprias necessidades.
 Mesmo porque a gente deve pensar o seguinte: 
é agradando o outro que eu agrado a relação.
 Se o outro está feliz, 
ele vai querer a sua felicidade também. 
Dizem que uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto, certo?”

Um comentário: