JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

março 12, 2013

Clarice Lispector in Perto do Coração Selvagem


"Ainda não cansara de existir e bastava-se tanto que às vezes, 
de grande felicidade, 
sentia a tristeza cobrí-la como a sombra de um manto, 
deixando-a fresca e silenciosa como um entardecer.
Ela nada esperava.
 Ela era em si, o próprio fim”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário