JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

fevereiro 12, 2013

Palavras e silêncio - Zeca Baleiro


Não se move uma montanha 
Por um pálido pedido 
De alguém que não se ama 
Todo ouro está contigo 
Para isso há muita chama 
No coração do bandido

Mais uma vez o dia chega 
Em minha vida 
Como uma chama na selva 
O sol na cama da relva 
A tua boca e a lua 
A minha boca e a tua 
Vão deixando pela rua 
Palavras e silêncios 
Que jamais se encontrarão


2 comentários:

  1. Amo Zeca! Deve ser por este nosso bom gosto que nos damos tão bem! rsrsrs

    Beijos em você.

    ResponderExcluir