JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

janeiro 06, 2013

Carlos Drummond de Andrade



Por muito tempo achei que a ausência é falta. 
E lastimava, ignorante, a falta. 
Hoje não a lastimo. 
Não há falta na ausência. 
A ausência é um estar em mim. 
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, 
que rio e danço e invento exclamações alegres, 
porque a ausência, essa ausência assimilada, 
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade

8 comentários:

  1. Salve Drummond ! \o

    Estou gostando muito do seu blog, querida e passei a seguir-te. Comecei o meu esses dias, mas fique à vontade para uma visitinha, tá ?!

    www.desvendandosegredoos.blogspot.com.br

    Beijinhos da Lola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fui lá Lolinha!

      Adoro blogs novinho tem um cheirinho bom!

      Bjooooo

      Excluir
  2. Sophys eu jamais te esqueço querida amiga. É que viajando meu celular fica fora de área na maioria das vezes. Mas tão logo eu chegue em SP vou te ligar, ok?

    Beijinhos!
    flor de cristal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OB@!

      Estou me organizando pra ir a Sampa!
      Vms nos encontrar Florzinha!

      Bjoooo

      Excluir
  3. Lindo Sophy´s!!!
    Ola flor de cristal...
    Bela semana a vocês duas.
    Beijos....

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que ausência não é falta, é Deus tirando de seus caminhos toda pedra que poderia fazer com que vc venha se machucar. Deve ser por isso que me dou muito bem com a solidão.Aliais adoro...antes só que mal acompanhada.

    Bjsss linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amorec@!

      Concordo com vc antes só do q mal acompanhada,sempre...
      Mas de vez enqdo... erro, rs

      Bjo

      Excluir