JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

janeiro 02, 2013

BOCA - Carlos Drummond de Andrade



Boca: nunca te beijarei.
Boca de outro que ris de mim,
no milímetro que nos separa,
cabem todos os abismos.

Boca: se meu desejo
é impotente para fechar-te,
bem sabes disto, zombas
de minha raiva inútil.

Boca amarga pois impossível,
doce boca (não provarei),
ris sem beijo para mim,
beijas outro com seriedade.

8 comentários:

  1. Ai Sophy, Sophy...dás-me cabo do bacamarte, boazona!
    :)))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc fala assim soh pq esta do outro lado do oceano, rs

      :(

      Excluir
  2. Olá Querida Sophy... (acho que já posso chamar-te assim... ;)...)
    Nada como uma poesia de Carlos Drummond de Andrade para retratar os jogos de sedução... Adorei... ;)))...
    Beijokas sedutoras em você... Madame K...

    ResponderExcluir
  3. Não beijou porque não quis né? Estou aqui todos os dias....

    ResponderExcluir
  4. ola, uns bons beijos para inicio de ano, é td de bom...

    •°*”˜˜”*°•.¸☆ ★ ☆¸.•°*”˜˜”*°•.¸☆
    ╔╗╔╦══╦═╦═╦╗╔╗ ★ ★ ★
    ║╚╝║══║═║═║╚╝║ ☆¸.•°*”˜˜”*°•.¸☆
    ║╔╗║╔╗║╔╣╔╩╗╔╝ ★ NOVO ANO ☆ 2013
    ╚╝╚╩╝╚╩╝╚╝═╚╝ ♥¥☆★☆★☆¥♥ ★☆

    ResponderExcluir