JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

julho 29, 2012

Caio F. Abreu



"Ei, só vim avisar que estou desistindo, ok? Acho que assim será melhor, com ou sem você, já não importa mais. Venho vivendo em um permanente e inútil sacrifício, apenas mudarei o foco. Prometo esquecer-te. Aprendi a lembrar de ti a todo momento, agora bastará lembrar de te esquecer. 
Não vai ser difícil, vou tentar lembrar do muito que te dei e do pouco que recebi, vou lembrar dos sorrisos que desejei enquanto as lágrimas tomavam conta de mim, vou lembrar do quanto te amei e o que isso significou pra você. Bom, será assim. 
Vou sofrer como antes, mas dessa vez terei amor próprio, cuidarei mais do meu “eu”. 
Posso ter sido mais uma pra você, mas sou única pra mim. ” 
Caio F. Abreu


"Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível". - Charles Chaplin


Martha Medeiros



"Todo mundo sonha com aquele beijo made in Hollywood, que tira o fôlego e dá início a um romance incandescente. Pena que nem sempre isso aconteça na vida real. O primeiro beijo entre um casal costuma ser suave, investigativo, decente. Aos pouquinhos, no entanto, acende-se a labareda e as bocas dizem a que vieram. Existe um prazo para isso acontecer: entre cinco minutos depois do primeiro roçar de lábios até, no máximo, cinco dias. Neste espaço de tempo, ainda compreende-se que os beijos sejam vacilantes: tratam-se de duas pessoas criando um vínculo e testando suas reações. Mas se a decência persistir, não espere ver estrelinhas na etapa seguinte. A química não aconteceu. Beijo é maravilhoso porque você interage com o corpo do outro sem deixar vestígios, é um mergulho no escuro, uma viagem sem volta. Beijo é uma maneira de compartilhar intimidades, de sentir o sabor de quem se gosta, de dizer mil coisas em silêncio. Beijo é gostoso porque não cansa, não engravida, não transmite o HIV. Beijo é prático porque não precisa tirar a roupa, não precisa sair da festa, não precisa ligar no dia seguinte. E sem essa de que beijo é insalubre porque troca-se até 9 miligramas de água, 0,7 grama de albumia, 0,18 de substâncias orgânicas, 0,711 miligrama de matérias gordurosas e 0,45 miligrama de sais, sem contar os vírus e as bactérias. Quem está preocupado com isso? Insalubre é não amar".

“Coisas que um homem jamais deveria usar: boné a noite, corrente grossa, sapatênis, regata, camisa pra dentro da calça e eu.” TatiBernardi


Clarice Lispector


“Minha verdade espantada é que eu sempre estive só de ti e não sabia. 
Agora eu sei: sou só. 
Eu e minha liberdade que não sei usar. 
Grande responsabilidade da solidão. 
Quem não é perdido não conhece a liberdade e não a ama. 
Quanto a mim, assumo a minha solidão. 
Que às vezes se extasia como diante de fogos de artifício. 
Sou só e tenho que viver uma certa glória íntima que na solidão pode se tornar dor. 
E a dor, silêncio. Guardo o seu nome em segredo. 
Preciso de segredos para viver.”

Tempos modernos - Lulu Santos



“Eu vejo a vida melhor no futuro, eu vejo isso por cima de um muro, de hipocrisia que insiste em nos rodear. Eu vejo a vida, mais clara e farta, repleta de toda satisfação que se tem direito do firmamento ao chão. Eu quero crer no amor numa boa, que isso valha pra qualquer pessoa que realizar, a força que tem uma paixão. Eu vejo um novo começo de era, de gente fina elegante e sincera, com habilidade pra dizer mais sim do que não. 
Hoje o tempo voa amor, escorre pelas mãos 
Mesmo sem se sentir, não há tempo que volte amor, 
vamos viver tudo que há pra viver vamos nos permitir. 
Eu quero crer no amor numa boa, 
que isso valha pra qualquer pessoa, que realizar, 
a força que tem uma paixão.”

Bernard Shaw


"As pessoas estão sempre a culpar as circunstâncias por aquilo que elas são. Eu não acredito em circunstâncias. As pessoas que andam neste mundo são aquelas que se levantam e vão à procura das circunstâncias que querem e, caso não as encontrem, criam-nas." 
 Bernard Shaw

"Escuta o teu coração, ele conhece todas as coisas; pois onde ele estiver, é onde está o teu tesouro." Paulo Coelho


O PRIMEIRO BEIJO -


Os dois mais murmuravam que conversavam: havia pouco iniciara-se o namoro e ambos andavam tontos, era o amor. Amor com o que vem junto: ciúme.
- Está bem, acredito que sou a sua primeira namorada, fico feliz com isso. Mas me diga a verdade, só a verdade: você nunca beijou uma mulher antes de me beijar?
Ele foi simples: - Sim, já beijei antes uma mulher.
- Quem era ela? perguntou com dor.
 Ele tentou contar toscamente, não sabia como dizer. O ônibus da excursão subia lentamente a serra. Ele, um dos garotos no meio da garotada em algazarra, deixava a brisa fresca bater-lhe no rosto e entrar-lhe pelos cabelos com dedos longos, finos e sem peso como os de uma mãe. Ficar às vezes quieto, sem quase pensar, e apenas sentir - era tão bom.
A concentração no sentir era difícil no meio da balbúrdia dos companheiros. E mesmo a sede começara: brincar com a turma, falar bem alto, mais alto que o barulho do motor, rir, gritar, pensar, sentir, puxa vida! como deixava a garganta seca. E nem sombra de água. O jeito era juntar saliva, e foi o que fez.
Depois de reunida na boca ardente engulia-a lentamente, outra vez e mais outra.
Era morna, porém, a saliva, e não tirava a sede. Uma sede enorme maior do que ele próprio, que lhe tomava agora o corpo todo. A brisa fina, antes tão boa, agora ao sol do meio dia tornara-se quente e árida e ao penetrar pelo nariz secava ainda mais a pouca saliva que pacientemente juntava. E se fechasse as narinas e respirasse um pouco menos daquele vento de deserto? Tentou por instantes mas logo sufocava. O jeito era mesmo esperar, esperar. Talvez minutos apenas, enquanto sua sede era de anos. Não sabia como e por que mas agora se sentia mais perto da água, pressentia-a mais próxima, e seus olhos saltavam para fora da janela procurando a estrada, penetrando entre os arbustos, espreitando, farejando. O instinto animal dentro dele não errara: na curva inesperada da estrada, entre arbustos estava... o chafariz de onde brotava num filete a água sonhada. O ônibus parou, todos estavam com sede mas ele conseguiu ser o primeiro a chegar ao chafariz de pedra, antes de todos. De olhos fechados entreabriu os lábios e colou-os ferozmente ao orifício de onde jorrava a água. O primeiro gole fresco desceu, escorrendo pelo peito até a barriga. Era a vida voltando, e com esta encharcou todo o seu interior arenoso até se saciar. Agora podia abrir os olhos. Abriu-os e viu bem junto de sua cara dois olhos de estátua fitando-o e viu que era a estátua de uma mulher e que era da boca da mulher que saía a água. Lembrou-se de que realmente ao primeiro gole sentira nos lábios um contato gélido, mais frio do que a água. E soube então que havia colado sua boca na boca da estátua da mulher de pedra. A vida havia jorrado dessa boca, de uma boca para outra. Intuitivamente, confuso na sua inocência, sentia intrigado: mas não é de uma mulher que sai o líquido vivificador, o líquido germinador da vida... Olhou a estátua nua. Ele a havia beijado.
 Sofreu um tremor que não se via por fora e que se iniciou bem dentro dele e tomou-lhe o corpo todo estourando pelo rosto em brasa viva. Deu um passo para trás ou para frente, nem sabia mais o que fazia. Perturbado, atônito, percebeu que uma parte de seu corpo, sempre antes relaxada, estava agora com uma tensão agressiva, e isso nunca lhe tinha acontecido. Estava de pé, docemente agressivo, sozinho no meio dos outros, de coração batendo fundo, espaçado, sentindo o mundo se transformar.
A vida era inteiramente nova, era outra, descoberta com sobressalto. Perplexo, num equilíbrio frágil. Até que, vinda da profundeza de seu ser, jorrou de uma fonte oculta nele a verdade. Que logo o encheu de susto e logo também de um orgulho antes jamais sentido: ele... Ele se tornara homem.
 (In "Felicidade Clandestina" - Ed. Rocco - Rio de Janeiro, 1998) Clarice Lispector

A língua lambe


A língua lambe as pétalas vermelhas da rosa pluriaberta; a língua lavra certo oculto botão, e vai tecendo lépidas variações de leves ritmos. E lambe, lambilonga, lambilenta, a licorina gruta cabeluda, e, quanto mais lambente, mais ativa, atinge o céu do céu, entre gemidos, entre gritos, balidos e rugidos de leões na floresta, enfurecidos. 
Carlos Drummond de Andrade

Bicho e flores...







Máscaras para Lita Soledade -

"Neste mundo de disfarces e máscaras, o mais puro torna-se confuso e fica difícil distinguir o real do trivial, o banal do essencial. Às vezes uma zanga é mais honesta que um sorriso difarçado de mentira, uma palavra dura é mais sincera que um carinho ficticio que se dissolve na rotina da vida. Às vezes não damos valor a honestidade das pessoas que ainda mantêm a verdade, nos deixamos levar pelos que dizem os outros, fica mais fácil de acreditar nas pessoas com disfarces. E no fim, quando já ninguém tiver um disfarce, quando apenas fique sua vontade de amar, talvez você se veja sozinho, repousando os dias de sua vida em que encontrou o amor e o deixou passar, em que encontrou a lealdade e não soube valorizar, porque era mas simples flutuar que arriscar de verdade, que se entregar até o final. Não deixe que enganem você, observe com muita atenção depois de simplismente olhar". 
Livro da Dulce María










julho 27, 2012

"Acho sim, que, às vezes, dou trabalho.Mas é como ter um Rolls Royce: se você não quiser ter que pagar o preço da manutenção, mude para um Passat". Fernanda Young


Dalai Lama Para Ana

Essa imagem ganhei da Ana Costa dedico a ela esse post
"Descobri que o mais alto grau de paz interior decorre da prática do amor e da compaixão. Quanto mais nos importamos com a felicidade de nossos semelhantes, maior o nosso bem-estar. Ao cultivarmos um sentimento profundo e carinhoso pelos outros, passamos automaticamente para um estado de serenidade. Esta é a principal fonte da felicidade."
 Dalai Lama

Rubem Alves



“Os poetas são aqueles que, em meio a dez mil coisas que nos distraem, são capazes de ver o essencial e chamá-lo pelo nome. Quando isso acontece, o coração sorri e se sente em paz. Encontrou aquilo que procurava... Os poetas são seres muito estranhos. Ficam felizes com nada. A poesia se faz com nadas...” Rubem Alves

julho 24, 2012

24 de Julho BDSM Day


Ser submissa

Me trouxe um mundo novo cheio de possibilidades.
 Um mundo q a liberdade é seus braços
Meus desejos são os seus
Minha alegria não é contestada  
Meu Tesão é minha essência 
 Onde me vi completamente mulher amadurecida 
Apaixonada como nunca 
Feliz como uma criança 
Fiel e Cativa 

 By Sophys

"Fiz tudo certo, errei quando coloquei sentimento". Clarice Lispector


julho 22, 2012

Pablo Neruda



Saberás que não te amo e que te amo posto que de dois modos é a vida, 
a palavra é uma asa do silêncio, o fogo tem uma metade de frio. 
 Eu te amo para começar a amar-te, 
para recomeçar o infinito e para não deixar de amar-te nunca: 
por isso não te amo ainda. 
 Te amo e não te amo como se tivesse em minhas mãos as chaves da fortuna 
e um incerto destino desafortunado. 
 Meu amor tem duas vidas para amar-te. 
Por isso te amo quando não te amo 
e por isso te amo quando te amo.

"O amor e a razão são dois viajantes, que nunca vivem juntos na mesma hospedaria: quando um chega, parte o outro". Walter Scott


julho 20, 2012

Feliz dia do AMIGO!



A amizade consegue ser tão complexa... Deixa uns desanimados, outros bem felizes... 
 É a alimentação dos fracos É o reino dos fortes Faz-nos cometer erros 
 Os fracos deixam se ir abaixo 
 Os fortes erguem sempre a cabeça os assim assim assumem-os 
 Sem pensar conquistamos 
 O mundo geral e construimos o nosso pequeno lugar deixando brilhar cada estrelinha 
 Estrelinhas... Doces, sensiveis, frias, ternurentas... 
 Mas sempre presentes em qualquer parte 
 Os donos da Amizade...
 desconhecido

julho 18, 2012

“E se disserem que o amor enfraquece com o tempo, diga a eles que o tempo não existe.” Jack Johnson


"Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota". Madre Teresa de Calcuta


“Lembrei que tinha lido em algum lugar que a dor é a única emoção que não usa máscara." Caio Fernando Abreu


“O tempo não se encarrega de matar desejos, apenas de substituir os personagens!” . Caio Fernando Abreu


‎”Eu não estou fazendo nada de errado. Só estou tentando deixar as coisas um pouco mais bonitas”. Caio Fernando Abreu


‎"Tenho uma parte que precisa de calor, carinho, pés com pés. Outra que sobrevive sozinha, metade auto-suficiente..." Caio Fernando Abreu


‎"Porque ver é permitido, mas sentir já é perigoso." Caio.F.Abreu


Caio Fernando Abreu



‎"Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. 
Quis tanto dar, tanto receber. 
Quis precisar, sem exigências. 
E sem solicitações, aceitar o que me era dado. 
Sem ir além, compreende? 
Não queria pedir mais do que você tinha, 
assim como eu não daria mais do que dispunha, 
por limitação humana. 
Mas o que tinha, era seu. " 

 Caio Fernando Abreu

Florbela Espanca



"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê"!
 Florbela Espanca

"O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras..." Mario Quintana


"A vida só pode ter significado quando ela é real e uma vida real significa que você não está preocupado com o que os outros dizem." Osho



Confissão - Mário Quintana



Que esta minha paz e este meu amado silêncio 
Não iludam a ninguém 
Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta 
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios 
Acho-me relativamente feliz 
Porque nada de exterior me acontece... 
Mas, Em mim, na minha alma, 
Pressinto que vou ter um terremoto!

Desse Veneno - Samantha Bader





A fumaça do seu veneno me deixou com ilusoes nao sabia se te amava por nós ou por voce se esse maldito veneno esta em minhas veias, como posso dete lo essa cruel incerteza esta acabando comigo me deixando a beira da loucura o que farei sem a douçura de te amar? Se é que te amo seu veneno maligno percorre em meu sangue seu suor grudado em minha pele 
Ooh baby eu estou a beira da loucura ooh baby amanha nós ainda seremos nós? Quando em meus pensamentos chega a lembrança de nosso mundo tenho a certeza de que voce nao esta aqui queria que tudo fosse como foi no conto da branca de neve mas voce esta fazendo o papel da bruxa meu amor Se esta historia de fantasias acaba por aqui por que fez eu te amar? por que fez com que eu quisesse que fosses meu homem para sempre? essa realidade de duvidas sobre o amor nao pode ser eterna
Ooh querido ainda sinto o ar que sentiamos baby venha caminhar ao longo desta jornada ao meu lado novamente? nao pare neste caminho pelo simples fato de temer o que sentes por mim, eu sei que vale a pena vale a pena baby Eu estou a beira da loucura, venha me tirar dessa ilusao amor? faça com que esse veneno tenha algum sentido

"O amor é dos suspiros a fumaça; puro, é fogo que os olhos ameaça; revolto, um mar de lágrimas de amantes... Que mais será? Loucura temperada, fel ingrato, doçura refinada". William Shakespeare


Mistério - Florbela Espanca



Gosto de ti, ó chuva, nos beirados,
 Dizendo coisas que ninguém entende! 
Da tua cantilena se desprende 
Um sonho de magia e de pecados. 

 Dos teus pálidos dedos delicados 
Uma alada canção palpita e ascende, 
Frases que a nossa boca não aprende, 
Murmúrios por caminhos desolados. 

 Pelo meu rosto branco, sempre frio, 
Fazes passar o lúgubre arrepio 
Das sensações estranhas, dolorosas…

 Talvez um dia entenda o teu mistério… 
Quando, inerte, na paz do cemitério, 
O meu corpo matar a fome às rosas!
 Florbela Espanca

Você diz...William Shakespeare



Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. 
Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. 
Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. 
É por isso que eu tenho medo. 
Você também diz que me ama 

William Shakespeare

"Olha, Entre um pingo e outro A chuva não molha". Millôr Fernandes


Espelhos D'água - Beto Guedes


Os seus olhos são Espelhos d'água 
Brilhando você
 Prá qualquer um
Por, por onde 
Esse amor andava 
Que não quis você 
De jeito algum... Ah! 
Que vontade de ter você 
Que vontade de perguntar 
Se ainda é cedo Hum! 
Que vontade de merecer
 Um cantinho do seu olhar 
Mas tenho medo... 
 Hum! Hum! 

julho 16, 2012

ORAÇÃO CELTA


Amanheço hoje Com as forças dos Céus,
 Luz do Sol, Brilho da Lua,
 Esplendor do Fogo, Resplendor das Chamas, 
 Velocidade do Vento, Rapidez do Raio, 
 Firmeza da Rocha, Estabilidade da Terra, 
 Profundidade do Mar. 
 Amanheço hoje Pela força secreta e Divina que me guia. 
 Que assim seja E que assim se faça!

"Eu constantemente sinto saudade das coisas que perco, mas não as quero de volta. Já doeu uma vez". Caio Fernando de Abreu