JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 08, 2012

Sérgio Freire - Solidariedade



A solidariedade é a certeza da presença de alguém, tomando chuva com você, ainda que nada ganhe com isso, só para fazer, pela conversa, o sangue continuar circulando e prolongar sua resistência.
Solidário é companheiro de chuva.

A solidariedade é o preenchimento da expectativa de que o outro vai retribuir aqueles momentos em que você, calado ou brigando, prostrou-se na frente daquela batalha, porque acreditava em uma causa, a mesma causa de quem hoje com a mesma verve prostra-se ao seu lado.
Solidário é companheiro de trincheira.

A solidariedade é aquela voz inaudível de defesa no meio da gritaria estridente de acusações. É a manifestação eloquente, ainda que silenciosa, da presença solidificante na sustentação em meio aos fortes ventos de tempestade criados por articulações maléficas dos que só se solidarizam para fazer o mal, o que não é solidariedade, mas cumplicidade.
Solidário é companheiro de voz.

A solidariedade é espontânea. Vem por convicção e não por remorso. Solidariedade que não é espontânea cessa e titubeia na volta da primeira ameaça, recolhendo-se novamente, assustada, e indo para onde nunca deveria saído, no recôndito da tibieza. É uma ilusória gota d’água para quem está à morte com sede no deserto. Solidário é companheiro de sinceridade.

A solidariedade é atemporal e ubiquitária. Sua presença quando necessária chega viajando distâncias temporais e geográficas, assinadas por pessoas queridas distantes do presente, mas presentes no passado, distantes do olhar, mas próximas na retina afetiva. Solidário é companheiro da vida e de vida.

Tomar chuva na trincheira, gritar pelo outro até perder a voz por vontade própria, quando e onde estiver, a hora em que for preciso. Isso é ser solidário.

A solidariedade é capacidade de fazer sólido quem de solidez necessita. Parece contraditório, mas cristal é a matéria-prima da solidariedade. Se trinca por hesitação nem mesmo o mais perfeito artesão, que é o tempo, é capaz de remover as estrias. Nem o tempo.

A vida é vivida a partir de parâmetros. Configuramos e reconfiguramos valores e conceitos ao sabor das linhas desenhadas no caderno de nossa existência. A solidariedade, sem dúvida, é amor. E do tipo mais nobre. Do tipo mais inesquecível. Do tipo mais admirável. Hoje eu sei.

2 comentários:

  1. Solidariedade!!!
    Solidariedade é uma virtude!!!

    Lindíssimo texto!

    bjs doces carinhosos!!!


    Ayesk@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filhot@!

      Q bom q gostou!
      vc é muito sensível,

      Bjk@s

      Excluir