JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

maio 15, 2012

Anaïs Nin



"O ímpeto de crescer e viver intensamente foi tão forte em mim, 
 que não consegui resistir a ele.
 Enfrentei meus sentimentos. 
 A vida não é racional!
 É louca e cheia de mágoa. 
 Mas não quero viver comigo mesma. 
 Quero Paixão, prazer, barulho, bebedeira, e todo o mal. 
 Quero ouvir música rouca, ver rostos, roçar em corpos,
 beber um Benedictine ardente, 
Quero conhecer pessoas perversas, ser íntima delas. 
 Quero morder a vida, e ser despedaçada por ela. Eu estava esperando. 
 Esta é a hora da expansão, do viver verdadeiro. 
 Todo o resto, foi uma preparação. 
 A verdade é que sou inconstante, com estímulos sensuais em muitas direções. 
 Fiquei docemente adormecida por alguns séculos, 
 e entrei em erupção sem avisar."

Um comentário:

  1. Ajusto-me a mim e não ao Mundo...


    Adoro Anais, no ano passado a homenageei no blog e escrevi um conto baseado em Delta de Vênus...


    bjs doces Mamys, esta muito intensa como sempre!!! te adorooooooooooo!!


    Ayesk@

    ResponderExcluir