JellyPages.com
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo". Clarice Lispector

Seguidores

março 30, 2011

"A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade, querer com mais doçura." Lya Luft

Lya Luft

Apesar de todos os medos, escolho a ousadia.Apesar dos ferros, construo a dura liberdade.
Prefiro a loucura à realidade, e um par de asas tortas aos limites da comprovação e da segurança.
Eu, (..........), sou assim.
Pelo menos assim quero fazer: a que explode o ponto e arqueia a linha, e traça o contorno que ela mesma há de romper.
A máscara do Arlequim não serve apenas para o proteger quando espreita a vida, mas concede-lhe o espaço de a reinventar.
Desculpem, mas preciso lhes dizer:
EU quero o delírio.
Lya Luft
"O cansaço físico, mesmo que suportado forçosamente, não prejudica o corpo, enquanto o conhecimento imposto à força não pode permanecer na alma por muito tempo".
Platão

Clarice Lispector



Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios da tua presença
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude

Faça com que eu seja a tua amante humilde
entrelaçada a ti em êxtase
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala
Faça com que eu tenha a coragem de te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo
Faça com que a solidão não me destrua
Faça com que minha solidão
me sirva de companhia

Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir como se estivesse
plena de tudo
Receba em teus braços o meu pecado de pensar

(Clarice Lispector)

março 29, 2011

My Way - Meu Jeito

My Way

And now the end is near
And so I face the final curtain
My friend, I'll say it clear
I'll state my case of which I'm certain

I've lived a life that's full
I traveled each and every highway
And more, much more than this
I did it my way

Regrets, I've had a few
But then again, too few to mention
I did what I had to do
And saw it through without exemption

I've planned each charted course
Each careful step along the byway
And more, much more than this
I did it my way

Yes there were times, I'm sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all when there was doubt
I ate it up and spit it out

I faced it all and I stood tall
And did it my way

I've loved, I've laughed and cried
I've had my fill, my share of losing
And now as tears subside
I find it all so amusing

To think I did all that
And may I say, not in a shy way
Oh no, oh no, not me
I did it my way

For what is a man, what has he got?
If not himself, than he has naugth
To say the things he truly feels
And not the words of one who kneels

The record shows, I took the blows
And did it my way

Meu Jeito

E agora o fim está próximo
Então eu encaro o desafio final
Meu amigo, Eu vou falar claro
Eu irei expor meu caso do qual tenho certeza

Eu vivi uma vida que foi cheia
Eu viajei por cada e todas as rodovias
E mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito

Arrependimetos, eu tive alguns
Mas então, de novo, tão poucos para mencionar
Eu fiz, o que eu tinha que fazer
E eu vi tudo, sem exceção

Eu planejei cada caminho do mapa
Cada passo, cuidadosamente, no correr do atalho
Oh, mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito

Sim, teve horas, que eu tinha certeza
Quando eu mordi mais que eu podia mastigar
Mas, entretanto, quando havia dúvidas
Eu engolia e cuspia fora

Eu encarei tudo e continuei de pé
E fiz do meu jeito

Eu amei, eu ri e chorei
Tive minhas falhas, minha parte de derrotas
E agora como as lágrimas descem
Eu acho tudo tão divertido

Em pensar que eu fiz tudo
E talvez eu diga, não de uma maneira tímida
Oh não, não, não eu
Eu fiz do meu jeito

E pra que serve um homem, o que ele tem ?
Se não ele mesmo, então ele não tem nada
Para dizer as coisas que ele sente de verdade
E não as palavras de alguém que se ajoelha

Os registros mostram, eu recebi as pancadas
E fiz do meu jeito


Dicionário do Humor Infantil - Bloch


Definições:

ADULTO - É uma pessoa que sabe tudo, mas quando não sabe diz logo: "veja na enciclopédia".
ALEGRIA - É um palhacinho no coração da gente.
AMAR - É pensar no outro, mesmo quando a gente nem tá pensando.
ARCO-ÍRIS - É uma ponte de vento.
AVESTRUZ - É a girafa dos passarinhos.
BOCA - É a garagem da língua.
BONITA - "Se eu sou bonita ou inteligente? Se eu sou bonita, você vê na cara. E se eu sou inteligente, nem respondo a uma pergunta boba dessas".
CABELO - É uma coisa que serve pra gente não ficar careca.
CALCANHAR - É o queixo do pé.
CHOCOLATE - É uma coisa que a gente nunca oferece aos amigos porque eles aceitam.
CHOPE - É o refrigerante de adulto
COBRA - É um bicho que só tem rabo.
CRIANÇA - Ser criança é não estragar a vida.
DEUS - Um dia eu disse que Deus era muito distraído e todo mundo riu. Só não sei a graça que isso tem.
DESERTO - É uma floresta sem árvores.
ELÉTRONS - São os micróbios da eletricidade.
ESPERANÇA - É um pedaço da gente que sabe que vai dar certo.
FELICIDADE - É uma palavra que tem música.
FUTEBOL - É um jogo em que, às vezes, a trave joga melhor que o goleiro. Pega tudo.
FUTURO - É tudo que vem depois e, quando chega, já era.
HELICÓPTERO - É um carro com ventilador em cima.
INFERNO - É um lugar onde a gente morre muito mais.
MENTIRA - (ouve-se o estraçalhar de um vidro no banheiro e o menino grita) - "É mentira do barulho!"
MISTÉRIO - É uma coisa que a gente não sabe explicar direito e, quando explica, já não é.
NAMORADO - É uma pessoa que tem medo do claro.
NEVOEIRO - É poeira do frio.
PACIÊNCIA - É uma coisa que mamãe perde sempre.
PALHAÇO - É um homem todo pintado de piadas.
PIADA - É uma coisa engraçada que perde a graça quando a pessoa avisa que vai ser.
POLUIÇÃO - É sujeira do progresso.
REDE - É uma porção de buracos amarrados com barbante.
REFLEXO - É quando a água do lago se veste de árvores.
RELÂMPAGO - É um barulho rabiscando o céu.
SAUDADE - É quando uma pessoa que devia estar perto está longe.
SONO - É saudade de dormir.
SORTE - É a gente acordar, se preparar pra ir pra escola e descobrir que é feriado nacional.
STRIP-TEASE - É mulher tirando a roupa toda, na frente de todo mundo, sem ser pra tomar banho.
TRISTEZA - É uma criança com gesso no pé, sem assinatura.
VEIAS - São raízes que aparecem no pescoço das meninas que gritam.
VENTO - É ar com muita pressa.
VIDA - A vida de muita gente é só gol contra.
VIDA - A vida a gente não explica. Vive.
XINGAR - Quando eu xingo a minha avó, só xingo a metade que é do meu irmão.




Diálogos Inesquecíveis

- O que é ter fé?
- É uma menininha, na praia, esvaziando o mar com um baldezinho de plástico furado.


Garoto, ao ver irmãs gêmeas na rua:
- Mãe, eu vi duas meninas de cara repetida!

- A cor do céu depende da hora, do tempo e de quem olha. Quem diz que o céu é azul, nem desconfia que, de noite, ele pode ser preto e, quando vai anoitecendo, pode até ser rosa ou vermelho. Quem diz que o céu é azul é analfabeto de céu.

- Eu sou otimista, sim. Nunca penso nos oito gols que deixei entrar, mas nos cinco que eu não deixei.

FICA PROIBIDO – Pablo Neruda


Fica proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer,
Ter medo das tuas recordações.
Fica proibido não sorrir ante os problemas,
Não lutar pelo que queres,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar em realidade teus sonhos..
Fica proibido não demonstrar o teu amor,
Fazer com que alguém pague pelas tuas dúvidas e pelo teu mau humor..
Fica proibido deixar os teus amigos,
Não tentar compreender aquilo que viveram juntos,
Chamá-los somente quando precisa deles..
Fica proibido não seres tu perante todos,
Fingir para as pessoas que não te importas,
Esquecer todos os que te querem..
Fica proibido não fazeres as coisas para ti mesmo,
Não fazeres o teu destino,
Ter medo da vida e dos teus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse o último.

março 25, 2011

Sobre o "perdão".


 O verdadeiro perdão se reconhece pelos atos e não pelas palavras.


 De uns tempos pra cá estou pensando muito nesse ato tão nobre denominado perdão. Lendo aleatoriamente lá está essa palavra mágica: perdão. Postei ontem mesmo um trecho do livro Comer Amar e Rezar e a autora falando se for capaz de perdoar nós mesmo.

Tive um problema com o meu DoNo não faz muito tempo e pedi perdão (coisa q não faço muito). E foi difícil sentir o perdão verdadeiro acontecer. Até q um dia falei não dá pra virar essa pagina? Ele disse: - Sim.
Nesse dia esclarecemos todas as duvidas e finalmente me senti perdoada. 

Ao pedi perdão tão sincero notei q pedi é fácil estar do outro lado e perdoar é muito mais complicado. Comecei a analisar minha vida e reparei q tenho uma dificuldade enorme de perdoar. Isso é muito estranho, neh? Mas é fato.
E isso me fez sentir muito pequena, quando o meu mundinho moral ou meu ego foi abalado, não perdoei, e nem eskeci, isso ficou encravado na minha alma me machucando e me magoando repetidamente. ( Masoquismo com certeza, bah!)

No meu conceito de disciplina moral de vida essas coisas idiotas q a gente tem (não adianta negar está lá num cantinho do coração como um monstro louco pra sair e mostrar seus dentes). Eu simplesmente saio de cena, me fecho no casulo ou simplesmente nunca mais me dirijo a essa pessoa ignoro totalmente! E fico lá curtindo todo o meu rancor ou medo de dar à cara a tapa de novo. E fiz isso durante toda minha vida e acredite sofri muito por agir assim.( E ainda sofro tem coisas q é soda!)
Hj me surpreendi tentando (vcs perceberam tentando!) ver as coisas de  forma diferente.
O mundo não está unido num complô louco contra vc ou a mim. As coisas estão acontecendo o tempo todo. Ng está exatamente preocupado se estou feliz ou chorando. Se o me cheque voltou ou se perdi o horário de acordar ou me sacanear soh pra ver me infeliz!
Helloooooooooooo

Todos nós, cada um de nós temos
um lado carente
um lado criança
um lado adulto
um lado altruísta
um lado mesquinho
Pronto pra sair e aprontar alguma.
E podemos acreditar nada disso é minuciosamente planejado pra te ferir...
(Como diz a letra daquela música "Cada um sabe a dor é a delicia de ser o q é...")

Q bom q temos coragem de viver!
Q bom q sempre estou pronta para repensar minhas atitudes
Q bom q vivo um dia por vez
Q bom q amanha vou ser melhor do q sou hj
Q bom q fui capaz de perceber q mais do pedir perdão eu posso finalmente ser capaz de perdoar
Q bom q percebi q o ato do perdão trás mais alegria ao meu coração do q a quem é perdoado...


Namastê...
Bons fluidos pra todos...

({sophys)}_ SR.ALQUIMISTA


março 24, 2011

Dicas...


Paciência para as dificuldades,
Tolerância para as diferenças,
Benevolência para os equívocos,
Misericórdia para os erros,
Perdão para as ofensas,
Equilíbrio para os desejos,
Sensatez para as escolhas,
Sensibilidade no olhar,
Delicadeza nas palavras,
Coragem para as provas,
Fé para as conquistas,
E amor para todas as ocasiões...



"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecias, e conhecesse todos os mistérios
e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse
amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu
corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno, o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta
com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com
a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem,
acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte,
mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor."

1ª carta de Paulo à Igreja de Coríntios 13. 

Elizabeth Gilbert em: Comer, Rezar, Amar




"Se você tem a coragem de deixar para trás tudo que lhe é famíliar e confortável (pode ser qualquer coisa, desde a sua casa aos seus antigos ressentimentos) e embarcar numa jornada em busca da verdade (para dentro ou para fora), e se você tem mesmo a vontade de considerar tudo que acontece nessa jornada como pista e se você aceitar cada um que encontre no caminho como professor, e se estiver preparada, acima de tudo, para encarar (e perdoar) algumas realidades bem difíceis sobre você mesma... então a verdade não lhe será negada."
"A vida é para quem topa qualquer parada. Não para quem pára em qualquer topada." (Bob Marley)

Quem de nós


Quem de nós
não traz bem guardado
um segredo de amor?
Quem?
Amor incompleto,
discreto,
secreto.
Amor presente,
ausente,
carente,
sadio ou doente.
Amor desfrutado,
simulado,
fantasiado.
Amor sonhado,
acordado.
Amor amado.
Amor vivido,
doído,
esquecido.
Amor sentido,
sofrido,
banido.
Delícias de um segredo.
Vazio de um sonho.
Apenas,
e simplesmente,
um amor...

Voar - Carolina Salcides



Abro minhas asas para embelezar
Não as preciso para voar.
Vou longe por mim mesma
Minha vontade me conduz...

Tiro minhas vestes e solto os cabelos
Deixo-me levar pelos ventos...
Não preciso de embalagem e máscaras
Não tenho vergonha de ser e querer.

Não preciso prender-me, conter-me...
Abro-me toda, dou-me por completa.
Assim eu sou...

Desde que do casulo saí
Nada mais me prende.

Aprendi a me soltar
Sem ter medo de cair...


"Talvez a verdadeira excitação esteja, hoje, em ver uma mulher se despir de verdade - emocionalmente.
Nudez pode ter um significado diferente.
Muito mais intenso é
assistir a uma mulher desabotoar suas fantasias,
suas dores,
sua história...
É erótico ver uma mulher que sorri, que chora, que vacila,
que fica linda sendo sincera,
que fica uma delícia sendo divertida,
que deixa qualquer um maluco
sendo inteligente.
Uma mulher que diz o que pensa, o que sente e o que pretende,
sem meias-verdades, sem esconder seus pequenos defeitos - aliás,
deveríamos nos orgulhar de nossas falhas,
é o que nos torna humanas, e não
bonecas de porcelana!
Arrebatador é assistir ao desnudamento de uma mulher em quem sempre  se poderá confiar, mesmo que vire ex, mesmo que saiba demais.
Não é fácil tirar a roupa e ficar pendurada numa banca de jornal, mas,  difícil por difícil,
também é complicado abrir mão de pudores verbais, expor nossos
segredos e insanidades, revelar nosso interior.
Mas é o que devemos continuar fazendo.
Despir nossa alma e mostrar pra valer
quem somos e o que trazemos por dentro.


Recebi do meu Amigo Navegante Sonhador - *.~
Sabedoria é saber como lidar com aqueles que estão perto de nos, ela é encontrada quando buscamos de todo coração.
Muitos de nós pensam que já sabem tudo e é por isso que nunca alcançam a sabedoria.
Somente aqueles que realmente sentem a necessidade de tê-la,irão encontrá-la.
"O simples dá crédito a todo a palavra,mas o prudente atenta para os seus passos"(Pr 14:15).

Recebi do meu amigo Navegante Sonhador _ Ele sempre arraza!

“O que seu cão faz quando está sozinho em casa?”

Selinhdo da Princess Kitty!

E junto com esse selo tão lindinho veio um Meme pra ser respondido:
(aff essas perguntinhas...)

1. Me conte um segredo:
Segredo? Minha vida é um livro aberto!

2-O que é valioso pra você:
Tudo q conquistei com trabalho, amor e dedicação.

3- Escreva uma frase:
“Como poucos, eu conheci as lutas e as tempestades.
Como poucos, eu amei a palavra liberdade e por ela briguei.”  Oswald de Andrade


4-Linke o blog que te indicou:
http://miadosbdsm.blogspot.com/

5-Quais são seus maiores sonhos ?
Meu sobrenome é sonhadora... Sonho o tempo todo ele se transforma melhora as vezes até piora!

6- Para você, a aparência importa ?
Aparência ajuda mas não é o fundamental.

7- O que é ser feliz ?
Estar nos braços do meu DoNo  é o momento q o mundo para.

8- Você é uma pessoa amiga?
Q pergunta é essa! Claro! Sou uma amiga Ma-ra-vi-lho-sa!

9-Conte-nos quatro defeitos seus:
Só 4? Tem certeza?

10- Conte-nos quatro qualidades suas?
Sincera
Carinhosa
Espirituosa
Fiel

11- Tem algum preconceito ? Se sim, qual ?
Pré- Conceito, derubo todos... Isso tah fora da minha vida!

12- Indique alguns blogs fofinhos para responder este Meme :
Bom se vc está aki pode pegar o selinho é curtir a brincadeira.

Cuidado com a sua imagem no mundo virtual


Há algum tempo, uma jovem inglesa foi demitida porque escreveu no Orkut que achava o seu trabalho entediante. Passadas duas semanas, a londrina foi convidada a se retirar da empresa sob a alegação de que ferira a imagem da companhia. O caso foi contestado por várias entidades que cuidam dos direitos dos funcionários e a decisão acabou sendo vista por muitos como um sinal de perseguição e rigidez dos ingleses.


Mas, se pensarmos bem, a empresa teve razão. Afinal, o dinheiro que as corporações gastam para conquistar uma imagem de eficiência e de bons serviços não é pouco, e essa imagem não pode ser posta em dúvida porque um funcionário está entediado e resolveu publicar a respeito.

Esta história foi considerada pelos mais radicais como o fim do mundo e lembrou o livro de Orwell, 1984, no qual as pessoas eram vigiadas para não pisarem em falso ou cometerem deslizes que podessem comprometer de alguma forma o governo. Infelizmente, a jovem inglesa, como outros tantos que contribuem com seus comentários e filmes para as redes de relacionamento, blogs e sites, deixou de lado a preocupação com a extensão do que é publicado e acabou se entregando a armadilhas.

As ferramentas de comunicação de massa têm um alcance cada vez maior, que exorbita o imaginado. Pelo menos foi o que ficou claro com a professora baiana que perdeu o emprego depois de ser vista por milhares de pessoas dançando sensualmente no Youtube.
Para quem curte participar das redes sociais ou publicar vídeos pessoais na Internet, sensatez, cautela e reflexão sobre as diversas possibilidades que o conteúdo ganha no mundo virtual são sinais de cuidado com a imagem pessoal.
É preciso lembrar que uma vez publicada, a informação ganha espaço e pode ser acessada por qualquer pessoa - inclusive as menos esperadas.
Seja como for, separei alguns lembretes que considero importantes para a preservação da imagem de quem adora o mundo virtual:
■Reflita se o que publicou não prejudica você ou outra pessoa - demonstra prudência, ética e elegância. Sempre é bom pensar o quanto se está disposto a encarar o desenrolar da história.

■Antes de publicar qualquer filme, foto ou comentário a respeito dos seus sentimentos em relação a qualquer coisa ou pessoa reflita se a ideia pode ser mal interpretada. Em caso de dúvida, não coloque nada.

■Não permita que publiquem comentários desabonadores a seu respeito nas redes de relacionamento. Coisas do tipo: “Você ficou muito engraçado de porre; O pessoal achou você muito doido; Que bom que você finalmente resolveu lembrar dos amigos pobres”, não ajudam a construir uma boa imagem.

■Também não se permita escrever sem pensar nas possíveis consequências de questões pessoais, tais como: “Ando de saco cheio de tanto trabalho; Estou a beira de um ataque de nervos com a confusão aqui na empresa; ou Acho que preciso mudar o rumo da minha vida e partir para outra”.

■Quando for arrasar na dança, beber além da conta ou fazer qualquer coisa que possa comprometer a imagem pessoal, dê uma checada se quem está ao seu lado gosta mesmo de você ou pode dar um de Judas.

Estas preocupações fazem parte do mundo globalizado e super conectado em que vivemos. É tolice, ingenuidade e inocência acreditar que mesmo na intimidade estamos preservados da curiosidade virtual.



Publicado Portal UOL, site Emprego Certo, coluna Etiqueta Corporativa

março 23, 2011

Tipos de amor


Os gregos antigos foram mestres em analisar os vários tipos de amor.
Eles tinham mais de dez palavras para distinguir diferentes tipos.
O psicólogo John Alan Lee reduziu estas categorias sobrepostas a seis.
Mas, para mim, elas parecem ser mesclas diferentes dos mesmos três circuitos básicos do cérebro:
a luxúria, o amor romântico e a ligação.
O mais celebrado é eros, ou o amor apaixonado, erótico, prazeroso,
cheio de energia por um parceiro especial.
Acho que eros é uma combinação da luxúria com o amor romântico.
A mania é o amor obsessivo, ciumento, possessivo e dependente.
A maioria das pessoas é imensamente obsessiva, ilógica e possessiva quando ama apaixonadamente.
O ludus (que rima com Brutus) é a palavra latina para jogo ou brincadeira.
É divertido, sem compromisso e desprendido.
Estes amantes podem amar mais de uma pessoa de cada vez.
Para eles, o amor é um teatro, uma forma de arte.
O ludus parece ser uma variação da luxúria branda combinada com a diversão e a frivolidade.
O storge (que combina com "mais alegre") é um amor companheiro, afetuoso, fraterno e amistoso, uma amizade profunda e especial que carece de uma exibição de emoção.
Estas pessoas preferem conversar sobre seus interesses do que de seus sentimentos.
Este é o "amor sem frebre nem insensatez", como colocou Proudhon.
Para mim, o storge é uma forma de ligação.
Ágape é o amor suave, altruísta, zeloso, totalmente dedicado,
com freqüência espiritual  - outra forma de ligação.
Estes amantes consideram seus sentimentos um dever, e não uma paixão.
Alguns estão dispostos a desistir do relacionamento quando é melhor para o amado;
daí eles se renderão de bom grado a um rival.
Por fim há o pragma, o amor baseado na compatibilidade e no bom senso: o amor pragmático.
Este é o amor de "lista de compras".
Os amantes pragmáticos marcam os pontos;
eles procuram pelas vantagens do relacionamento,
tanto quanto pelas falhas.
Estes homens e mulheres não são movidos por sacrifício ou emoção excessivos.
Para eles, a amizade é o cerne do relacionamento.
Não considero o pragma uma forma de amor.
Há muita literatura psicológica sobre os tipos de amor, bem como sobre
os vários componentes do amor e estilos de amar.
Uma conceitualização do amor que é popular entre os cientistas sociais contemporâneos
é o do psicólogo Robert Sternberg.
Sternberg divide o amor em três ingredientes básicos:
a paixão - que inclui o romance, a atração física e o desejo sexual;
a intimidade - todos os sentimentos de calor, proximidade, conexão e vínculo;
e decisão/compromisso - a decisão de amar alguém e compromisso de manter o amor.
Para ele, o fascínio é composto somente pela paixão.
O amor romântico é paixão mais intimidade.
O amor consumado é paixão, intimidade e compromisso.
O amor camarada tem intimidade e compromisso, mas é destituído de paixão.
O amor vazio tem apenas compromisso; passa-se pelos gestos de amar,
mas só os sentimentos de compromisso sustentam o relacionamento.
O gostar é baseado na intimidade; não se sente paixão nem compromisso.
E o amor insensato é com freqüência cheio de paixão e compromisso,
mas carece de intimidade.

Tipos de amor


Os gregos antigos foram mestres em analisar os vários tipos de amor.
Eles tinham mais de dez palavras para distinguir diferentes tipos.
O psicólogo John Alan Lee reduziu estas categorias sobrepostas a seis.
Mas, para mim, elas parecem ser mesclas diferentes dos mesmos três circuitos básicos do cérebro:
a luxúria, o amor romântico e a ligação.
O mais celebrado é eros, ou o amor apaixonado, erótico, prazeroso,
cheio de energia por um parceiro especial.
Acho que eros é uma combinação da luxúria com o amor romântico.
A mania é o amor obsessivo, ciumento, possessivo e dependente.
A maioria das pessoas é imensamente obsessiva, ilógica e possessiva quando ama apaixonadamente.
O ludus (que rima com Brutus) é a palavra latina para jogo ou brincadeira.
É divertido, sem compromisso e desprendido.
Estes amantes podem amar mais de uma pessoa de cada vez.
Para eles, o amor é um teatro, uma forma de arte.
O ludus parece ser uma variação da luxúria branda combinada com a diversão e a frivolidade.
O storge (que combina com "mais alegre") é um amor companheiro, afetuoso, fraterno e amistoso, uma amizade profunda e especial que carece de uma exibição de emoção.
Estas pessoas preferem conversar sobre seus interesses do que de seus sentimentos.
Este é o "amor sem frebre nem insensatez", como colocou Proudhon.
Para mim, o storge é uma forma de ligação.
Ágape é o amor suave, altruísta, zeloso, totalmente dedicado,
com freqüência espiritual  - outra forma de ligação.
Estes amantes consideram seus sentimentos um dever, e não uma paixão.
Alguns estão dispostos a desistir do relacionamento quando é melhor para o amado;
daí eles se renderão de bom grado a um rival.
Por fim há o pragma, o amor baseado na compatibilidade e no bom senso: o amor pragmático.
Este é o amor de "lista de compras".
Os amantes pragmáticos marcam os pontos;
eles procuram pelas vantagens do relacionamento,
tanto quanto pelas falhas.
Estes homens e mulheres não são movidos por sacrifício ou emoção excessivos.
Para eles, a amizade é o cerne do relacionamento.
Não considero o pragma uma forma de amor.
Há muita literatura psicológica sobre os tipos de amor, bem como sobre
os vários componentes do amor e estilos de amar.
Uma conceitualização do amor que é popular entre os cientistas sociais contemporâneos
é o do psicólogo Robert Sternberg.
Sternberg divide o amor em três ingredientes básicos:
a paixão - que inclui o romance, a atração física e o desejo sexual;
a intimidade - todos os sentimentos de calor, proximidade, conexão e vínculo;
e decisão/compromisso - a decisão de amar alguém e compromisso de manter o amor.
Para ele, o fascínio é composto somente pela paixão.
O amor romântico é paixão mais intimidade.
O amor consumado é paixão, intimidade e compromisso.
O amor camarada tem intimidade e compromisso, mas é destituído de paixão.
O amor vazio tem apenas compromisso; passa-se pelos gestos de amar,
mas só os sentimentos de compromisso sustentam o relacionamento.
O gostar é baseado na intimidade; não se sente paixão nem compromisso.
E o amor insensato é com freqüência cheio de paixão e compromisso,
mas carece de intimidade.
Eu deixarei que morra em mim
o desejo de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar
senão a mágoa de me veres eternamente exausto
No entanto a tua presença
é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto
existe o teu gesto e em minha voz a tua voz
Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado
Quero só que surjas em mim
como a fé nos desesperados
Para que eu possa levar
uma gota de orvalho
nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne
como nódoa do passado
Eu deixarei…
tu irás e encostarás a tua face em outra face
Teus dedos enlaçarão outros dedos
e tu desabrocharás para a madrugada.
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu,
porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite
e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa
suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só
como os veleiros nos pontos silenciosos.
Mas eu te possuirei como ninguém
porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar,
do vento, do céu, das aves, das estrelas
Serão a tua voz presente,
a tua voz ausente,
a tua voz serenizada.

Vinicius de Moraes
” Até hoje você sabia que não adianta insistir em situações que não estão dando certo com a esperança de que elas melhorem. Só por hoje entenda que, depois de tentar tudo o que podia, simplesmente não há mais nada que você possa fazer e não é saudável nem produtivo continuar insistindo! “
(Iyanla Vanzant)

Fernando Pessoa

Viajar? Para viajar basta existir.
Vou de dia para dia, como de estação para estação,
no comboio do meu corpo,
ou do meu destino,
debruçado sobre as ruas e as praças,
sobre os gestos e os rostos,
sempre iguais e sempre diferentes,
como, afinal, as paisagens são.
Se imagino, vejo. Que mais faço eu se viajo?
Só a fraqueza extrema da imaginação justifica que se tenha que deslocar para sentir.
“Qualquer estrada, esta mesma estrada de Entepfuhl, te levará até ao fim do mundo”.
Mas o fim do mundo, desde que o mundo se consumou dando-lhe a volta,
é o mesmo Entepfuhl de onde se partiu.
Na realidade, o fim do mundo,
como o principio, é o nosso conceito do mundo.
É em nós que as paisagens tem paisagem.
Por isso, se as imagino,
 as crio; se as crio, são; se são,
vejo-as como ás outras.
Para que viajar?
Em Madrid,
em Berlim,
na Pérsia,
na China, os Pólos ambos,
onde estaria eu senão em mim mesmo,
e no tipo e gênero das minhas sensações?
A vida é o que fazemos dela.
As viagens são os viajantes.
O que vemos,
não é o que vemos,
senão o que somos.

Fernando Pessoa

março 19, 2011

Esse chinelinhos e pra Gatinha Kitty


As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.
Madre Teresa de Calcutá

Selo comemorativo da {umbra}_MD. Amei!

março 18, 2011

Clarice Lispector

Olhe para todos ao seu redor e veja o que temos feito de nós
e a isso considerado vitória nossa de cada dia.
Não temos amado, acima de todas as coisas.
Não temos aceite o que não se entende
porque não queremos passar por tolos.
Temos amontoado coisas e seguranças

por não nos termos um ao outro.
Não temos nenhuma alegria que não tenha sido catalogada.
Temos construído catedrais,
e ficado do lado de fora

pois as catedrais que nós mesmos construímos,
tememos que sejam armadilhas.
Não nos temos entregue a nós mesmos,
pois isso seria o começo de uma vida larga
e nós a tememos.
Temos evitado cair de joelhos diante do primeiro
de nós que por amor diga: tens medo.
Temos organizado associações e clubes sorridentes
onde se serve com ou sem soda.
Temos procurado nos salvar
mas sem usar a palavra salvação
para não nos envergonharmos de ser inocentes.
Não temos usado a palavra amor
para não termos de reconhecer a sua contextura
de ódio, de amor, de ciúme e de tantos outros contraditórios.
Temos mantido em segredo a nossa morte

 para tornar a nossa vida possível.
Muitos de nós fazem arte por não saber
como é a outra coisa.
Temos disfarçado com falso amor a nossa indiferença,
sabendo que nossa indiferença

é angústia disfarçada.
Temos disfarçado com o pequeno medo o grande medo maior
e por isso nunca falamos no que realmente importa.
Falar no que realmente importa é considerado uma gaffe.
Não temos adorado por termos a sensata mesquinhez
de nos lembrarmos a tempo dos falsos deuses.
Não temos sido puros e ingénuos

para não rirmos de nós mesmos
e para que no fim do dia possamos dizer

pelo menos
não fui tolo e assim não ficarmos perplexos

antes de apagar a luz.
Temos sorrido em público
do que não sorriríamos quando ficássemos sozinhos.
Temos chamado de fraqueza a nossa candura.
Temo-nos temido um ao outro, acima de tudo.
E a tudo isso consideramos a vitória nossa de cada dia.


Clarice Lispector

Essa pra vc... Lena!!!!

Bem sabes Tu, Senhor, que o bem melhor é aquele
Que não passa, talvez, de um desejo ilusório.
Nunca me dê o Céu... quero é sonhar com ele
Na inquietação feliz do Purgatório.

Mario Quintana
A esperança é uma hipótese que anotámos no caderno mais próximo, esse que está em cima da mesa aguardando uma visita de acaso.


Luís Quintais
Mas tantos defeitos tenho.
Sou inquieta, ciumenta, áspera, desesperançosa.
Embora amor dentro de mim eu tenha...
Só que não sei usar amor: às vezes parecem farpas...



Clarice Lispector

Por Que Será - Toquinho e Vinicius de Moraes

Por que será
Que eu ando triste por te adorar?
Por que será
Que a vida insiste em se mostrar
Mais distraída dentro de um bar
Por que será?

Por que será
Que o nosso assunto já se acabou?
Por que será
Que o que era junto se separou
E o que era muito se definhou
Por que será?

Eu, quantas vezes
Me sento à mesa de algum lugar
Falando coisas só por falar
Adiando a hora de te encontrar

É muito triste
Quando se sente tudo morrer
E ainda existe o amor
Que mente para esconder
Que o amor presente
Não tem mais nada para dizer
Por que será?

Video: http://www.youtube.com/watch?v=SeuqCo3dI4g

"Uma mulher nua seria menos perigosa do que é uma saia habilmente exibida, que cobre tudo e, ao mesmo tempo, deixa tudo à vista". Honoré de Balzac




Emmanuel

março 16, 2011

"Este é um pequeno passo para o ser humano, mas um salto gigantesco para a humanidade".


No dia 20 de julho de 1969, Neil Armstrong, comandante do módulo lunar Apolo 11, se converteu no primeiro ser humano  que pisou na Lua.

Suas primeiras palavras ao pisar no nosso satélite foram:

"Este é um pequeno passo para o ser humano, mas um salto gigantesco para a humanidade".

Estas palavras foram transmitidas para a Terra e ouvidas por milhares de pessoas.
Justamente antes de voltar à nave, Armstrong fez um comentário enigmático: "Boa Sorte, Sr.Gorsky."

Muita gente na NASA pensou que foi um comentário sobre algum astronauta soviético. No entanto, depois de checado,  verificaram que não havia nenhum Gorsky no programa espacial russo ou americano.
Através dos anos, muita gente perguntou-lhe sobre o significado daquela frase sobre Gorsky, e ele sempre respondia com  um sorriso.

Em 5 de julho de 1995, Armstrong se encontrava na Baia de Tampa, respondendo perguntas depois de uma conferência,  quando um repórter lembrou-lhe sobre a frase que ele havia pronunciado 26 anos atrás.
Desta vez, finalmente Armstrong aceitou responder.
O Sr.Gorsky havia morrido e agora Armstrong sentia que podia esclarecer a dúvida.
É o seguinte:
Em 1938, sendo ainda criança em uma pequena cidade do meio oeste americano, Neil estava jogando baseball com um  amigo no pátio da sua casa. A bola voou longe e foi parar no jardim ao lado, perto de uma janela da casa vizinha. Seus  vizinhos eram a senhora e o senhor Gorsky.
Quando Neil agachou-se para pegar a bola, escutou que a senhora Gorsky gritava para o senhor Gorsky:
"O quê??? sexo anal? Você quer sexo anal?. Sabe quando você vai comer a minha bunda? Só no dia que o homem  caminhar na lua!".

março 15, 2011

Viajante - Teresa Tinoco


Eu me sinto tolo como um viajante
Pela tua casa, pássaro sem asa, rei da covardia
E se guardo tanto essas emoções nessa caldeira fria
É que arde o medo onde o amor ardia
Mansidão no peito trazendo o respeito
Que eu queria tanto derrubar de vez
Pra ser teu talvez, pra ser teu talvez
Mas o viajante é talvez covarde
Ou talvez seja tarde pra gritar que arde no maior ardor
A paixão contida, retraída e nua
Correndo na sala ao te ver deitada
Ao te ver calada, ao te ver cansada, ao te ver no ar
Talvez esperando desse viajante
Algo que ele espera também receber
E quebrar as cercas que insistimos tanto em nos defender


Video: http://www.youtube.com/watch?v=qXHxPS8Zcj8

março 13, 2011

Daniel Faria


Creio que o mais egoísta dos homens
é aquele que recusa dar aos outros a sua fragilidade
e as suas limitações.
Quem recusa aos outros a sua pequenez,
comete um dos mais infelizes gestos de prepotência.
E porque aí se rejeita,
aos outros não poderá dar senão o sofrimento da perda.
Querendo-se sem falha,
será o mais incompleto dos seres.




março 10, 2011

O SEMEADOR

Existem momentos em nossa vida que por mais que queiramos não conseguimos enxergar o óbvio.

O Semeador de Estrelas é uma estátua localizada em Kaunas, Lituânia.



Mas quando a noite chega a estátua justifica seu nome...


Que possamos  sempre ver além daquilo que está
diante de nossos olhos, hoje e sempre

O laço - Mário Quintana


Meu Deus! Como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas.
Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o
laço. É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de
braço. É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido,
em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando...
devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.
E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.
Ah! Então, é assim o amor, a amizade.
Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita.
Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora,
deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço
afetivo, laço de amizade.
E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.
E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum
pedaço.
Então o amor e a amizade são isso...
Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!




Mário Quintana

março 08, 2011

Um brinde à vcs mulheres e minhas amigas!

Mulheres ousadas

Gosto, sim, de mulheres ousadas, daquelas que não têm receio de assumirem-se lindas, sexys e maravilhosas. Mulheres que sabem bem o que querem - e o que não querem! - sem se importar com conceitos antiquados ou tabus.
Mulheres de um novo tempo: o tempo delas! O tempo de elas serem tudo o que podem e o que quiserem ser, após tanto tempo de repreensão. Mulheres ousadas são, sim, mulheres que ultrapassam fronteiras, são verdadeiras agentes de transformação de uma sociedade ainda tão hipócrita.
Gosto de mulheres ousadas, por que reconheço que as mulheres têm todo o direito do mundo de assumir sua feminilidade, de aproveitarem as coisas boas da vida, e de serem imensamente felizes - até por que poucas coisas no mundo são tão belas quanto um sorriso feminino. E eu simplesmente adoro o sorriso das mulheres ousadas.

Augusto Branco

Dia das Mulheres 8 de Março



O Dia Internacional da Mulher é celebrado a 8 de Março. É um dia comemorativo para a celebração dos feitos económicos, políticos e sociais alcançados pela mulher.

A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi inicialmente proposta na virada do século XX, durante o rápido processo de industrialização e expansão económica que levou aos protestos sobre as condições de trabalho. As mulheres empregadas em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos em 8 de Março de 1857 em Nova Iorque, em que protestavam sobre as más condições de trabalho e reduzidos salários.

Existem outros acontecimentos que possam provar a tese como o incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist, que também aconteceu em Nova Iorque, em 25 de março de 1911, onde morreram 146 trabalhadoras. Segundo esta versão, 129 trabalhadoras durante um protesto teriam sido trancadas e queimadas vivas. Este evento porém nunca aconteceu e o incêndio da Triangle Shirtwaist continua como o pior incêndio da história de Nova Iorque.

Muitos outros protestos se seguiram nos anos seguintes ao episódio de 8 de Março, destacando-se um outro em 1908, onde 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque exigindo a redução de horário, melhores salários, e o direito ao voto. Assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher observou-se a 28 de Fevereiro de 1909 nos Estados Unidos da América após uma declaração do Partido Socialista da América. Em 1910, a primeira conferência internacional sobre a mulher ocorreu em Copenhaga, dirigida pela Internacional Socialista, e o Dia Internacional da Mulher foi estabelecido. No ano seguinte, esse dia foi celebrado por mais de um milhão de pessoas na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça, no dia 19 de Março. No entanto, logo depois, um incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist mataria 140 costureiras; o número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício. Além disto, ocorreram também manifestações pela Paz em toda a Europa nas vésperas da Primeira Guerra Mundial.

No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920, mas esmoreceu. Foi revitalizado pelo feminismo na década de 1960. Em 1975, designado como o Ano Internacional da Mulher, a Organização das Nações Unidas começou a patrocinar o Dia Internacional da Mulher.

Fonte: Wikipedia

Oração das mulheres resolvidas!


Que o mar vire cerveja e os homens tira gosto,
que a fonte nunca seque, 
e que a nossa sogra nunca se chame Esperança,
porque Esperança é a última que morre...
Que os nossos homens nunca morram viúvos,
e que nosso filhos tenham pais ricos e mães gostosas!
Que Deus abençoe os homens bonitos,
e os feios se tiver tempo...
Deus... Eu vos peço sabedoria para entender um homem,
amor para perdoá-lo e paciência pelos seus atos,
 porque Deus, se eu pedir força, eu bato nele até matá-lo.
Um brinde...
Aos que temos, aos que tivemos e aos que teremos!
Um brinde também aos namorados que nos conquistaram,
aos trouxas que nos perderam e os sortudos que ainda vão nos conhecer!
Que sempre sobre, que nunca nos falte, e que a gente dê conta de todos!
Amém.
P.S.: Eu sei q é véia, mas não resisti...

OPS!!!

"Quando o amor é grande não há obstáculo intransponível."

Pra ti Vênus


"A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte."(Indira Gandhi)